[JUVENIL] Bangú faz gol relâmpago e vence Vasco da Gama fora de casa na estreia da Série B


A equipe da categoria juvenil do Vasco da Gama teve um descuido no primeiro minuto de jogo e não conseguiu reagir diante o escrete do Bangú neste sábado (9), em confronto válido pelo primeiro embate da Divisão de Acesso da Suburbana 2016, no Estádio Erondi Silvério. Mesmo com uma molecada mais nova, em relação ao Bangú, o Vasco da Gama dificultou os três primeiros pontos conquistados pela equipe adversária, que estreou com pé direito no certame com a vitória de 1 a 0.

#JUVENIL
Por Rafael Buiar

Todo início de campeonato as equipes tem a entrar com um pouco mais de cautela para não ser surpreendido logo de cara. Mas o time do Vasco da Gama não ficou esperto e nem obedeceu a essa regra no primeiro minuto, pois em uma jogada no lado esquerdo, com um escanteio curto, a bola acabou sobrando para Nata cruzar novamente na área. A zaga da casa afastou parcialmente, já que o camisa 9 do Bangú, Neguinho, aproveitou o espaço na pequena área e virou uma bicicleta, surpreendo a todos do time casa com um lindo gol.

Com um placar em 1 a 0, com menos de 5’, o escrete Bangú ganhou mais corpo e continuou pressionando o time da casa. O atacante Neguinho foi o atleta mais acionado no ataque na equipe visitante. Destaque para as bolas áreas que camisa 9 ganhou dos zagueiros do Bangú, mas em nenhuma acertou a pontaria.

Mas a equipe do Vasco da Gama mudou a sua postura a partir dos 15’ e avançou seu time, principalmente, com o lateral Alexandre e o meia Igor. Por isso, o time do Bangú optou e atacou em contra-ataque para tentar surpreender o time casa.  Dentre os ataques do time do bairro do Pilarzinho, Lorenzo cruzou e quase encobriu o arqueiro Matheus, que desviou para escanteio, aos 21’.

Desde então o embate passou a ficar preso no meio do campo, já que Vasco e nem Bangú conseguiram furar o bloqueio do sistema defensivo. Além dos dois times errarem muito passe, a marcação fez com que as duas equipes não evoluísse na jogadas. Porém, aos 32’ da etapa inicial, o time do Vasco teve a melhor chance do jogo até aquele momento com o camisa 10, Igor, em que teve espaço para chutar com o gol livre. Mas ao dominar a bola, o zagueiro que estava na cola conseguiu se recuperar na jogada e aliviar o perigo de gol. Com essa chance desperdiçada, o placar de 1 a 0 para o Bangú persistiu até fim do primeiro tempo.


SEGUNDO TEMPOA etapa complementar teve um Vasco da Gama modificado, além da substituição no sistema ofensivo, uma postura mais ofensiva. Do mesmo modo que a equipe do Bangú abriu o placar, o time da casa tentou fazer o mesmo. Marcar no primeiro minuto. Em um ataque rápido, com uma bola enfiada pelo meio, Vinicius teve a oportunidade de empatar com um forte chute rasteiro. Mas o arqueiro Matheus defendeu a primeira e no rebote contou com a ajuda dos companheiros, que afastaram quase que em cima da linha o gol de empate.

Não deu outra, Vasco da Gama ficou com mais gana de empatar o embate. Com isso, aproveitando o momento inicial da etapa complementar, Igor foi um dos mais acionados na equipe da casa. Mas aos poucos, essa força de ofensividade foi caindo e o time visitante até chego assustar o Vasco da Gama. Talvez pelo cansaço bater na equipe da casa.


Devido a isso, os minutos finais foram de um time da casa com mais volume de jogo, procurando o jogo, mas sem objetividade de concluir no gol de Matneus. Talvez pela forte marcação da equipe visitante, que cedeu poucos espaços. Em relação a isso, o placar no Estádio Erondi Silvério ficou fixo no 1 a 0 desde o primeiro minuto de jogo até o apito final do árbitro.

PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Na próxima rodada, o time do Bangú irá desafiar a equipe do Vila Sandra, que venceu o olímpico em casa de 3 a 1.Já o escrete do Vasco da Gama irá folgar na 2ª rodada.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VASCO DA GAMA: Lucas; Kaun, João, Henrique e Alexandre; Carlos, Lorenzo, Luan (Dienys) e Igor; Matheus (Thiago) e Vinicius. TEC. Garreti.

BANGÚ: Matheus; Thiago, Vitor, Márcio e Trizotti (Marinho); Cristian (Felipe), Rafael, Natal e Wallysson; Neguinho e Léo. TEC. Cristiano

GOL: Neguinho ao 1’ do 1°T (Bangú)


EM MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.