Ex-jogadores do Rio Branco brilham e Quitéria goleia Imperial


O estádio Manoel Gustavo Schier recebeu nesse sábado (23) o confronto entre Quitéria e Imperial, válido pela primeira rodada da divisão especial da Suburbana. Com excelente atuação do meio-campo, o Santa não tomou conhecimento do adversário e contou com partida inspirada de Ratinho e Lito para largar na frente em busca do bicampeonato.

#SUBURBANA 16
Por Arthur Henrique

O Meia veio do Rio Branco e assumiu a 10 do Quitéria com muita expectativa. Ratinho precisou de apenas 15 minutos para mostrar suas credenciais: em bola levantada na área, subiu de cabeça e fez o primeiro. Aos 23 minutos o Quitéria mostrou força ao marcar o segundo, também com Ratinho.

O resultado evidenciou a organização tática do meio que dava liberdade para os laterais subirem. Prova disso foi a jogada do terceiro gol, quando Lito, também ex-jogador do Rio Branco, apareceu na área aos 33’, cruzando para o zagueiro Jair abrir 3 a 0 ainda no primeiro tempo.


Não contente com uma assistência Lito subiu ao ataque mais uma vez, obstinado a marcar. Após linda jogada, na qual limpou três zagueiros, o número dois do Quitéria arriscou de longe e fez um golaço. Placar justo, visto que o Imperial teve apenas uma chance em uma bola parada cobrada por Jhonny.


SEGUNDO TEMPO – O Quitéria voltou com muitas caras novas. Ao todo foram cinco substituições no segundo tempo. No intervalo entraram Dinda, Diego e Grilo, nos lugares de Robson, Alan e Jair. Logo depois saíram Ratinho e Aroldo para a entrada de Tilico e Baloi. Na busca pela mudança, o Imperial tirou Jhonny e Japa e colocou Tobi e Denis.

Peças diferentes, mesmo cenário. Aos 19’, em bola levantada na área, Dinda escorou de cabeça no segundo pau e Lito, já sem goleiro, marcou seu segundo e o quinto do Quitéria. O gol de honra do Imperial veio aos 39’, com jogada em profundidade, Denis, recebeu sozinho e bateu por cima do goleiro, marcando um belo gol.

O Quitéria mostrou que é uma potência, investiu alto e entrou no campeonato pra ganhar. Lito e Ratinho assumiram a responsabilidade e levaram o time a uma vitória ainda no primeiro tempo, agitando a Taliban na arquibancada. Não está tudo perdido para o Imperial, o time enfrentou o atual campeão de cara e sem sete jogadores disponíveis. Resta saber se o resultado foi fruto da superioridade quiteriense ou por falhas do tricolor. Minha aposta é na primeira opção.


PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Na próxima rodada o Quitéria volta para o Maurício Fruet e recebe o Nacional, que perdeu para o Trieste por 1 a 0 no estádio XV de Agosto. Já o Imperial vai ao estádio Bortolo Gava encarar o Pilarzinho, que estreou com derrota frente ao Fanny por 2 a 1 no estádio Ismael  Gabardo.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

QUITÉRIA: Jonas; Lito, Edivaldo, Jair (Grilo) e Marabá; Aroldo (Baloi), Massai, Orlei e Ratinho (Tilico); Robson (Dinda) e Alan (Diego). Técnico: Valmir Constantino.

IMPERIAL: Julio; Luciano, Thiago, Aroldo e Dega; Abimael, Caíque, Jhonny (Tobi) e Zetti; Japa (Denis) e Samuel. Técnico: Pastor Serafim.

GOLS: Ratinho, aos 15’e aos 23’ do 1°T; Jair aos 33’ do 1°T; Lito, aos 43’ do 1° e aos 19’ do 2°T (QUITÉRIA); Denis aos 39’ do 2°T (IMPERIAL).


EM BREVE MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.