Uber vence Fanny e vai com vantagem para o segundo jogo da semifinal


Vila Fanny e Uberlândia duelaram ontem (14), em confronto válido pelo primeiro embate da semifinal da Copa de Futebol Amador da Capital, no Estádio Ismael Gabardo, Fanny. Em um jogo bastante movimento no placar, quem levou melhor foi o escrete do Uberlândia, que mesmo saindo atrás no marcador, conseguiu a virada, ainda na primeira etapa, e consolidou o placar no segundo tempo em 5 a 1. Resultado dá a vantagem para o Uber no segundo embate da semifinal.

Por Rafael Buiar

O escrete comandado por Joãozinho Ribeiro (Uberlândia) iniciou melhor o embate nos primeiros minutos, já que teve mais volume e atacou, principalmente, nos flancos com Luizinho e Alan. Devido a isso, a equipe da casa apertou a marcação e chegou a cometer várias faltas, com 5’ de jogo. Fato que demonstrou que o jogo seria um confronto de forte marcação. Mas com o passar do embate, a equipe do Uber aproveitou os momentos com a bola no pé para ficar com todo o time no ataque. Oportunidade que facilitou o contra-ataque do Vila Fanny, que de qualquer maneira quis surpreender o arqueiro Giraia. Mas o primeiro chute da equipe da casa só aconteceu com 9’ e com um chute de fora da área. Graças a forte marcação do Uber, que não deixou penetrar na área.

Com a melhora da equipe do Fanny, o jogo passou a ficar preso no setor de meio de campo, a partir dos 15’. Mas mesmo assim, a equipe do Uber foi quem mais teve a bola no pé. Uber tentando criar e o Fanny desarmando. Neste momento, a equipe do Uberlândia teve ótima oportunidade de abrir o placar, com jogada iniciada pelo camisa 9, Oberdan, que cruzou para o artilheiro do certame, Paulinho, que não chegou a tempo para concluir e desperdiçou a chance de abrir o placar. Foi então que o time da casa ficou esperta e conseguiu um respiro no embate, já que sofreu uma falta próxima a meta do arqueiro Giraia, após o escrete do Fanny tentar um ataque no setor direito. Anderson cobrou, o lateral Alan (Uber) tentou afastar. Mas acabou dando uma casquinha na bola. Sim, isso foi o suficiente para tirar do goleiro Giraia e colocar na medida para o capitão do Fanny (Lela), que deu um belo peixinho e abriu o marcador aos 17’ da etapa inicial. Um balde de água fria na equipe do Uber, que até o momento era melhor na partida.


Mas com a orientação tática de seu treinador, o time do Uberlândia respirou fundo e partiu pra cima, não quis saber de ficar atrás do marcador. Não deu outra, dois minutos depois o time do Uber conseguiu o empate. Também com bola parada, Juliano cruzou na medida, segundo pau, para Alex Paiva, que subiu mais alto que todo mundo e deu uma firme cabeça no fundo gol. Sem chances para o goleiro Flávio, aos 19’. Mas do outro lado, quando pareceu que o time iria cair com o gol de empate, o time do Fanny melhorou a consistência no meio de campo e teve uma leve melhora. A equipe comandada pelo treinador Nego conseguiu ter mais presença no meio de campo, mas teve muita dificuldade em furar o bloqueio do Uber. Ou seja, o Fanny foi obrigado a chutar de longa distância, principalmente com Couto arriscando mais. Por isso, neste período, o time do Uber cometeu várias faltas próxima da área. Fato que preocupou o treinador Joãozinho, já que foi desta maneira que o time do Fanny abriu o marcador. 

Mesmo assim, a segunda chance não aconteceu na equipe da casa, pelo contrário. Foi o escrete do Uber que conseguiu desempatar o marcador, aos 28’. O atacante central do Uber, Oberdan, foi divino com uma bela cabeçada, encobrindo o arqueiro Flávio. Desde então, o time visitante tomou conta do jogo. Mas na reta final do primeiro tempo, o jogo ficou preso, com as duas equipes parando/travando as jogadas no meio de campo até o árbitro decretar o fim da etapa inicial, com 46’ de jogo.


SEGUNDO TEMPO – A etapa complementar iniciou sem nenhuma mudança nas duas equipes. Mas com bola rolando, o time do Fanny voltou mais ligado para o embate. Do outro lado, com o time do Fanny mais ofensivo, procurando empatar logo nos primeiros minutos, o time visitante optou atacar com os contra-ataques. Fato que deixou o jogo muito movimentado, lá e cá, com as duas equipes procurando o gol. Mas perdendo várias oportunidades.

Passados os 15’, o embate ficou mais cadenciado no meio campo, com aquele dilema do primeiro tempo, que teve momentos de um jogo travado. Por isso, precisando do resultado, o treinador Nego optou por deixar mais ofensivo o escrete do Fanny. Foi ai que entrou Dinda e Cicinho e o embate melhorou para a equipe da casa, já que chegou algumas vezes a meta do arqueiro Giraia. Preocupados e ansiosos, ambos os treinadores resolveram movimentar ainda mais o embate com várias alterações em suas equipes. Foi ai que brilhou a estrela do veterano Cenoura, meia armador do Uber. Com folêgo, o camisa 11 se antecipou a marcação e roubou a bola, ainda na intermediária, e tocou na medida para Julianinho, que teve paciência até colocar a bola no fundo da rede, aos 35’ da etapa complementar, deixando 3 a 1 no placar.


Depois do terceiro gol, o escrete do Uber teve mais mudanças. Desta vez, para aproveitar os suplentes e descansar os titulares. Dentre as alterações, Fumaça foi o destaque, já que o atacante entrou com poucos minutos do fim do embate e aproveitou a chance que teve. A primeira oportunidade, aos 45’, foi de uma ligação direta do sistema defensivo e com uma falha do zagueiro do Fanny. O atacante Fumaça ganhou na velocidade e tocou na saída do arqueiro Flávio, fazendo o quarto gol da equipe do Uberlândia. Minutos depois, em um lance parecido, Fumaça recebeu do arqueiro Giraia e meio que caindo tocou para Felipinho acertar um forte chute no ângulo do goleiro Flávio, concretizando o placar no Estádio Ismael Gabardo, aos 48’, em 5 a 1.

PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
O jogo de volta da semifinal será casa do Uberlândia semana que vem. A equipe do Uberlândia tem vantagem, podendo até empatar e perde por até três gols de diferença que será classificado. Já o escrete do Fanny, terá que marcar quatro gols, para pelo menos levar a decisão para os pênaltis.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VILA FANNY:
 Flávio; Buiú (Geder), Lela (C), Marquinhos e Rafael; Jhony (Cicinho), Alex, Anderson e Guelo; Leco (Dinda) e Couto (Fúlvio). Técnico: Nego.

UBERLÂNDIA: Giraia; Luizinho (Halyson), Thiagão, Alex Paiva e Alan (Felipinho); Nepo, Julianinho (Vagner), Rafinha e Cenoura [C] (Fumaça); Paulinho e Oberdan (Eduardo). Técnico: Joãozinho Ribeiro.

GOLS: Lela aos 17’ do 1º tempo (Fanny) e Alex Paiva, aos 19’ do 1º tempo; Oberdan, aos 28’ do 1º; Julianinho aos 35’ do 2º tempo; Fumaça aos 45’ do 2º tempo e Felipinho aos 49’ do 2º tempo (Uberlândia).

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx




__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.