Santa Quitéria leva a pior diante o Fanático e perde a terceira consecutiva na Taça Paraná


Santa Quitéria e Fanático de Campo Largo duelaram neste último domingo (8), no Estádio Maurício Fruet, em confronto válido pela terceira rodada da Taça Paraná. Mesmo com baixo público, por ser dia das Mães e a finalíssima do Paranaense 16, o Quitéria jogou melhor do que nas partidas anteriores, mas o experiente time do Fanático foi mais eficiente e conquistou mais um triunfo na competição e se manteve na liderança com 100% de aproveitamento.

Por Rafael Buiar

Os primeiros minutos do embate foram de equilíbrio, com o Santa Quitéria buscando reverter a situação de duas derrotas seguidas e o Fanático com a gana de manter a liderança do quadrangular. Não deu outra, o embate ficou com forte marcação no meio de campo já no princípio do embate. Mas com o passar do jogo, o Santa Quitéria melhorou o toque de bola, junto a marcação, e ficou com mais volume de jogo. Deste modo, a alternativa de ataque foram os chutes de longa distância. Por isso, o arqueiro Pijama foi bastante acionado, com 15’.

Mesmo sendo pressionado pela equipe da casa, o time da cidade de Campo Largo conseguiu responder com os contra-ataques. Assim, o escrete do Fanático chegou a meta do goleiro Jonas. Em uma ligação direta do sistema defensivo, do zagueiro Emerson para Marcelo Tamandaré, que ajeitou na medida para Luciano Tanque acertar um chute forte, sem chances para o goleiro Jonas, aos 20’ da etapa inicial.


Com o gol, a equipe do Fanático melhorou e ganhou mais volume. Diferente do Santa Quitéria, que pouco fazia com a bola nos pés. Neste momento do jogo, o nervosismo da equipe da casa foi visível.  Não deu outra, com o time precisando do resultado e sem a bola, várias faltas ocorreram diante a equipe visitante. Dessa maneira, o embate persistiu até o 40’ e com o placar de 1 a 0.

Ainda que nos minutos finais, o Santa Quitéria, já um pouco calejado, quando trocou passes, chegou com facilidade a meta do goleiro Pijama. Mas o ataque, formado por Bruno França e Robson, não estave em um dia feliz e perderam outras oportunidades ainda na primeira etapa. Com isso, o placar da primeira etapa terminou com 1 a 0 para a equipe de Campo Largo.


SEGUNDO TEMPONo retorno para a etapa complementar, as duas equipes voltaram com os mesmo jogadores que terminaram o primeiro tempo. Com bola rolando, o time do Fanático voltou mais ligado, pois em poucos segundos já chegou a meta do arqueiro Jonas e com um pouco mais de 10’ chegou pelo menos três vezes. Mas o que poderia ser pior para o time do Santa Quitéria aconteceu, pois o meia Jean foi expulso, após agredir o zagueiro Douglas sem a bola. O árbitro da partida viu e logo mandou pra rua.

A expulsão do Jean obrigou o treinador Valmir Constantino fazer três substituições. As alterações foram com o propósito de deixar o escrete da casa mais ofensivo, já que o que interessava era somente a vitória. Mas o resultado não foi esse, já que a forte marcação da equipe do Fanático dificultou ainda mais a vida dos atacantes do Quitéria.

Não deu outra, com um a mais e com o placar a seu favor, o time do Fanático soube administrar o resultado com as peças que entraram no decorrer do jogo, como Magú e Felipe Caron. E foi do camisa 17, Felipe Caron, que saiu o segundo gol da equipe de Campo Largo. Em jogada na lateral direita, o camisa 17 recebeu do seu companheiro, entrou em diagonal na área passou por um marcador e concluiu forte no ângulo direito do arqueiro Jonas, aos 45’ da etapa complementar. Minutos depois, o árbitro da partida decretou o final do embate, que terminou com mais vitória do Fanático e mais uma derrota do Santa Quitéria.



PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A próxima rodada da equipe do Santa Quitéria será diante o escrete do Jatobá, no Estádio Maurício Fruet. Já o time de Campo Largo, irá jogar no Estádio Ângelo Antônio Cavalli contra o seu rival, Internacional. Com a derrota, o time do Quitéria continua na lanterna da competição, diferente do Fanático, que com mais uma vitória continuou na liderança e manteve o 100% de aproveitamento na competição.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

QUITÉRIA: Jonas; Piti (Orlei), Merci, Edson Matraca e Natan (Go); Bruno Alves (Aragão), Edmar, Alan e Jean; Robson (Ednaldo) e Bruno França. Técnico: Valmir Constantino

FANÁTICO: Pijama; Everson (Luizinho), Douglas, Emerson e Marabá; Aderaldo, Altair (Magú) e Aroldo; Tamandaré, Massai (Juninho) e Luciano (Felipe Caron). Técnico: Juninho

GOLS: Luciano Tanque aos 20’ do 1º tempo e Felipe Caron aos 45’ do 2º tempo (Fanático).


MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx





__________________________________________


NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.