Vila Sandra atropela Sergipe e ainda sonha com a classificação


Com um ataque fuzilador, o time do Vila Sandra goleou de 12 a 0 o escrete do Sergipe, em confronto válido pela penúltima rodada da Copa de Futebol Amador, no Estádio Ozório Claudino de Barros. A vitória da equipe do Vila Sandra ainda mantêm vivo o sonho de classificação para a segunda fase do certame, mesmo que tenha que depender de resultados na chave. Já o time do Sergipe, apenas cumpre tabela na última rodada da primeira fase.


Por Rafael Buiar

Na rodada passada, a equipe do Vila Sandra perdeu para o União Ahú e se complicou na Copinha. Por isso, a vitória diante o lanterna da competição era fundamental para ainda acreditar na classificação para seguir na segunda-fase do certame. Do outro lado, um escrete que vive uma péssima fase e veem de três derrotas de goleadas seguidas. A vitória seria uma forma digna de terminar o campeonato e acelerar o planejamento para o segundo semestre.

Mas com bola rolando, o ritmo iniciou acelerado. Muito acelerado, já que aos 2’, em roubada de bola no meio de campo, Maranhão recebeu na lateral e cruzou na medida para o grandalhão, Zé Ricardo carimbar o primeiro gol da tarde. Bastou esse gol para o time da casa crescer e tomar as ações ofensivas ainda nos primeiros minutos. O camisa 9, Zé Ricardo, foi o mais municiado por seus companheiros de equipe. Enquanto que, no lado do Sergipe, o zagueiro e capitão Wilson saiu por lesão ainda com 10’ de jogo. Mais preocupação para o escrete de Vila Guaíra.

No lugar do capitão, o treinador Luciano Rossi e o auxiliar Carlos Resende optaram por mais um atacante no escrete do Sergipe. Alteração ousada, sim. Mas para quem não tem nada a perder e quer buscar uma reação no embate essa foi uma das alternativas da dupla. Mas mesmo assim, com um atacante a mais, o escrete do Sergipe pouco chegou a meta do arqueiro Coxinha. Pelo contrário, sofreu mais ataques. Zé Ricardo foi quem comandou as ações ofensiva do time do Vila Sandra. Em uma troca de passes, com Robinho, Maranhão e Pedro, o melão chegou redondo para o camisa 9, que só teve o trabalho de chutar no canto do goleiro Joe, aos 27’ da etapa inicial. Quatro minutos depois, novamente ele, Zé Ricardo aumentou o placar em 3 a 0.


Nos minutos finais, mesmo com o placar de 3 a 0, a equipe do Sergipe apresentou uma melhora em relação as partidas anteriores. Mas ainda com bastante dificuldade no setor de criação. Foi então que o time do Vila Sandra optou por marcar em pressão e ligar os ataques com rapidez. Sim, foi só apertar mais um pouco que o escrete da casa conseguiu fazer o quarto, com jogada de velocidade de Maranhão.  Mineiro lançou e deixou o camisa 11 cara a cara como Joe, que não pode evitar o quarto da partida. Placar de 4 a 0 que seguiu até os 47’, quando o árbitro da partida encerrou a primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO No retorno para a segunda etapa, as duas equipes realizaram alterações. No lado do Sergipe uma troca inusitada, Daniel saiu devido o piercing. Uma ausência que logo o Sergipe iria sentir, pois foi do camisa 7 que saiu alguns, dos poucos, chutes da equipe visitante. Mas do outro lado, o time do Vila Sandra entrou a mil por km/h para a segunda etapa, pois com 6’, a equipe conseguiu ampliar o marcador do Estádio Ozório Claudino de Barros. Em mais uma roubada de bola no meio de campo, Mineiro recebeu na entrada da área e concluiu no canto direito do arqueiro Joe, fazendo o quinto do confronto. No minuto seguinte, o escrete do Vila aumentou, com jogada originada na lateral direita com Pedro, o camisa 7 viu seu companheiro Gordo livre na área. O camisa 4 teve o trabalho de chutar forte e ampliar o marcador para 6 a 0, com 8’ da etapa complementar.


Com 6 a 0 no placar, o treinador do Vila, Gil, fez mais alterações na equipe da casa. Foram três de uma vez. Quem disse que o ritmo iria parar se enganou, pois com treinador novo, os suplentes quiseram mostrar trabalho e colocar uma interrogação na cabeça do treinador. Principalmente Thiaguinho, Cristiano e Adriano, pois o time manteve o ritmo com mais gols.

O sétimo e o oitavo não demoraram muito para acontecer, pois em mais um erro do setor de meio de campo do Sergipe, a equipe do Vila Sandra aproveitou mais duas oportunidades. Dessa vez com Adriano, que havia entrado a pouco. No primeiro gol do camisa 17, Adriano recebeu na medida pelo flanco esquerdo e chutou no canto esquerdo de Joe, ampliando para 7 a 0, com 20’. No minuto seguinte, Cristiano pegou a bola no setor defensivo e subiu, passou para Thiaguinho que passou pelo marcador e tocou para o atacante Adriano. Não deu outra, Adriano, ainda limpou o zagueiro, e chutou forte, sem chances para Joe.

Ainda, com mais um pouco de fôlego deu para fazer o nono, o décimo e o décimo primeiro do embate, com o Thiaguinho. O nono foi uma pintura, gol olímpico aos 35’. O 10º foi  de uma bola rebatida de Joe, após cobrança de falta de Daniel e o terceiro do camisa 14 foi de um jogada rápida. A origem do gol saiu dos pés do camisa 7, Pedro, que ganhou na velocidade do marcador e tocou na medida para Thiaguinho, que ainda conseguiu deixar o goleiro pra trás e comemorar com a torcida, fazendo o 11º gol do Vila Sandra sobre o Sergipe, aos 42’.


Nos minutos finais ainda teve espaço para mais um gol, dessa vez o terceiro de Adriano na partida e o décimo segundo do Vila Sandra. Adriano brigou pela bola na lateral direita, ganhou do zagueiro e deixou com Thiaguinho. Abusado e inspirado, o camisa 14 tocou na medida para Adriano dar números finais ao confronto, com o placar de 12 a 0, sendo esse até o momento a maior goleada da Copinha de 2016.

PRÓXIMA RODADA (07/05) - A equipe do Vila Sandra irá enfrenar o Nacional, que venceu o Imperial no última rodada. O embate está marcado no Estádio XV de Agosto para às 16h. Já o time do Sergipe, irá encerrar a sua participação na competição com o União, que vem de derrota do líder Uberlândia. O confronto está marcada para às 14h no Estádio XV de Agosto.

Com a goleada do Vila Sandra, o time agora comandado por Gil chegou a quarta colocação, com um ponto atrás do segundo (Nacional) e terceiro (União Ahú).Enquanto o escrete do Sergipe, já sem chances de classificação, é o lanterna do grupo.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VILA SANDRA: Coxinha; Robinho (Cristiano), Marcio, Gordo [C] e Matusalém (Matusalém); Guilherme (Camisa 31), Daniel, Pedro e Mineiro (Hítalo); Maranhão e Zé Ricardo (Adriano). Treinador: Gil

CAPÃO RASO: Joe; Nino, Tiago, Wilson [c] (Neguinho) e Junior; Bruno, Daniel (Bitan), Cesar e Diego; Gege e Hedent. Treinador: Luciano Rossi e Carlos Rezende

GOLS: Zé Ricardo aos 2’, 27’ e 31’ do 1º tempo; Maranhão aos 47’ do 1º tempo; Mineiro aos 6’ do 2º tempo; Adriano aos 20’, 21’ e 42’ do 2º tempo e Thiaguinho aos 30’, 35’ e 37’ dop 2º tempo  (Vila Sandra); 

 MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 




__________________________________________

NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.