Vila Fanny vence Grêmio Ipiranga e se recupera na Copinha


Vila Fanny e Grêmio Ipiranga duelaram no último sábado (16), em confronto preliminar no Estádio Octávio Silvio Nicco, pela terceira rodada da Copa de Futebol Amador da Capital. Após derrota na segunda rodada, o escrete do Fanny demorou para entrar no jogo. Mas aos poucos, principalmente, na segunda etapa o confronto foi outro. O time do Fanny conseguiu recuperar após empate do Grêmio Ipiranga no começo do segundo tempo marcando três gols, fechando o placar em 4 a 1.


Por Rafael Buiar

Os primeiros minutos do embate foram da equipe do Grêmio Ipiranga, que iniciou com mais posse de bola e optou por atacar pelos flancos. O lateral Flavinho foi o mais acionado na equipe do Ipiranga, enquanto o time do Fanny só conseguiu chegar a contra-ataques e com ligação direta, mas sem perigo de gol na meta do goleiro Thiago. Mas a posse de bola da equipe do Ipiranga não durou por muito tempo, pois o escrete do treinador Giancarlo Balaban começou a perder o meio de campo. O principal motivo disso foi a Fanny ter adiantado a sua marcação e ter dificultado a criação da equipe adversária.

Com o meio de campo ganho, o time do Fanny já passou a assustar a meta do goleiro Thiago. O meia Guélo e o lateral Buiú foram os destaques do embate, com menos de 20’ da primeira etapa. Mas o confronto caiu um pouco de rendimento ao chegar na metade do primeiro tempo, pois o Grêmio Ipiranga engrossou o caldo e forçou a marcação depois do treinador orientar seus comandados. Por isso, algumas faltas ocorreram neste período de jogo. Dentre elas, o "zagueirão" Lela acertou um forte chute e forçou a vida do goleiro Thiago, que teve que se esticar todo para evitar o primeiro gol do embate, com 29’.


Com a pressão imposta depois do perigo de gol do zagueiro Lela, o gol do Fanny não demorou muito para chegar. Sim, aos 31’, o camisa 3 (Lela) iniciou o lance em cobrança de falta no sistema defensivo e a bola chegou em linha de fundo com Géder, que tocou na medida para Leco na área. O camisa 10 chutou firme no gol e abriu o placar do Estádio Octávio Silvio Nicco. 

Após o gol, o time do Grêmio Ipiranga não conseguiu chegar a meta do arqueiro Flávio. Pelo contrário, sofreu mais perigo de gol da equipe do Fanny com vários chutes de longa distância. Dentre os lances de perigo, o camisa 10 quase fez outro, aos 37’. Sendo essa, a última oportunidade do primeiro tempo entre as duas equipes, pois o árbitro decretou o final da primeira etapa, com apenas um minuto de acréscimo.

SEGUNDO TEMPOA etapa complementar retornou com mudanças para as duas equipes. No lado do Grêmio Ipiranga entrou o atacante Sena no lugar do Marcelo e no escrete do Fanny a troca foi no gol. Nilis entrou no lugar do arqueiro Flávio. Com o troca-troca, a equipe do Ipiranga melhorou e ganhou mais agilidade no ataque. Mas a primeira oportunidade de gol na segunda etapa foi da equipe do Fanny, com o camisa 9, Dinda. Em lance no lado direito, o atacante Dinda e o lateral Buiú trocaram passes até o arremate do atacante, que quase surpreendeu o arqueiro Thiago. 


O susto deu uma luz para o Ipiranga, pois no lance seguinte o time de verde e amarelo surpreendeu com descida em velocidade. Laguna recebeu livre, após rebote de Nílis do cruzamento, e chutou. Mas a bola interceptou na mão do lateral Buiú. O árbitro interpretou mão na bola. Ou seja, pênalti para o Ipiranga. Sena cobrou e empatou em 1 a 1 com 2’ de jogo. Sim, era tudo que a equipe do Grêmio Ipiranga queria. Empatar nos primeiros minutos do segundo tempo e buscar a virada no restante. Mas foi só isso, pois minutos depois o time do Fanny acertou a marcação. Mesmo com o Grêmio Ipiranga tendo mais posse de bola e com Laguna e Sena sendo os destaques da equipe.

Aos 24’, o time do Fanny pressionou e conseguiu desempatar. Anderson cruzou na área depois de receber em cobrança de escanteio curto. O camisa 5 cruzou na medida para o grandalhão Dinda, que cabeceou para baixo e a bola ainda tocou no travessão.  Mas no rebote, Buiú estava no lugar certo para empurrar no gol e desempatar aos 22’ da etapa complementar, em 2 a 1. Passados dez minuto, a equipe do Fanny continuou pressionando a meta do goleiro Thiago. Dinda ainda teve um gol anulado.



Mas a equipe do Fanny nem reclamou muito, pois minutos depois chegou ao terceiro gol com Leco ampliando o placar em 3 a 1. O camisa 10  recebeu na medida e virou para a perna boa e arrematou, sem chance para o camisa 1 do Grêmio Ipiranga, que pouco pode fazer aos 37’. Quem disse que iria parar por ai, se enganou. Leco recebeu de Cicinho na medida e ficou cara a cara com o Thiago, mas o camisa 10 ainda teve calma em tirar do zagueiro e do goleiro no mesmo lance e fazer o quarto e último gol da partida, com 41’ da etapa complementar.  Não deu outra, após o quarto gol, o escrete do Fanny trocou passes até o árbitro encerrar o embate, com 4 a 1 para o Fanny sobre o Grêmio Ipiranga. 

Na próxima rodada, a equipe do Vila Fanny irá desafiar o escrete do Palmeirinha, que ganhou do Capão Raso, na Arena Vermelha. Já o escrete do Grêmio Ipiranga, quer recuperar as duas derrotas seguidas no certame, com o lanterna do grupo, Santíssima Trindade. Com a vitória, a equipe do Fanny assumiu a segunda colocação do grupo, ficando a três pontos do líder colocação. Já o escrete do Grêmio Ipiranga é o quinto colocado do grupo com 3 ponto.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VILA FANNY: Flávio (Nílis); Buiú (Guilherme), Lela, Djony e Rafael; Anderson, Cicinho, Guélo e Leco; Géder (Alisson) e Dinda (Fulvio); Treinador: Nego

GRÊMIO IPIRANGA: Thiago; Mora, Dani (Fabiano), Anderson (Caio) e Flavinho; Clé (Leandro), Gustavo (Robson), Laguna (Geovani) e Fabinho; Cafú e Marcelo (Sena). Treinador: Giancarlos Balaban

GOLS:  Guélo aos 31’ do 1º tempo, Buiú aos 22’ do 2ª tempo, Leco aos 37’ e 45’ do 2º tempo; (Vila Fanny) e Sena aos 2’ do 2º tempo  (Grêmio Ipiranga)

MELHORES MOMENTOS  (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________

NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.