Guilherme e Juninho, a dupla destaque da vitória do Nacional


Em uma goleada de cinco gols, é difícil escolher um jogador que decidiu o jogo. Ainda mais em uma equipe grande como a DRAP em que as opiniões divergem. Nesse sábado, ao optar pelo melhor da partida entre Nacional e Sergipe, ocorreu um empate por 2 a 2. Portanto, nada mais justo que falar o porque de tanto equilíbrio...

#FIGURINHA DA RODADA
Por Dudu Nobre

O alviceleste começou avassaldor, tendo no centroavante Guilherme uma máquina de gols. Logo no primeiro lance de perigo ele recebeu o cruzamento da esquerda e fuzilou para abrir o placar. O tempo foi passando e ele participando do jogo, com muita explosão, qualidade no toque de bola e posicionamento. Foi bem colocado que aos 37' tocou de pucheta no canto direito e fez o 2 a 0. O vigor físico e o faro de gol fizeram com que Guilherme fosse votado.

Mas todo time que se preze deve ter uma mente pensante na meiuca. E no segundo tempo o clube do Boqueirão teve o seu. Juninho foi ganhando confiança para lançar com qualidade aos atacantes. Mas foi na primeira bola parada que ele apresentou seu cartão de visitas, uma bola explodindo no poste direito. A zaga sergipana deu mais uma chance a ele, e aí não teve jeito. Experimentou o outro lado e acertou o ângulo esquerdo de Joe para ampliar. Antes, aos 27', já havia invadido à área e balançado o barbante. Pela qualidade técnica, Juninho também foi votado.

Qual foi o melhor não soubemos responder, vai do critério de cada um. Quem ganha é o Nacional, que tem uma dupla afiada para buscar o título da Copinha.


__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página 
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.