O interesse dos times da capital paranaense retornou?


Nos últimos anos, as equipes do Interior dominaram a ponta do certame estadual com duas conquistas e um vice campeonato - Operário (2015), Londrina e Maringá (2014). Por isso, podemos ver que o princípio do Campeonato Paranaense de 2016 já tem algo marcante em cinco rodadas já realizadas. Sim, temos um fato novo, já que os quatro times da capital paranaense estão nas primeiras posições. Esse ritmo irá seguir até o final?


Por Rafael BUIAR

Em anos anteriores, o Campeonato Paranaense foi deixado de lado por algumas equipes de grande escalão e também por ter equipes fracas para a disputa do certame com os escretes da capital. Era um tal de equipe entrando com o famoso sub-23, outra com time reserva e outra com time titular mesmo, mas o resultado não apareceu. Desde então, veio a tona... Os times da capital estão deixando de lado o estadual ou as equipes do interior que cresceram o olho nessa situação e aproveitaram o momento de fraqueza. Não é a toa, que os dois últimos campeões foram de fora da capital – Londrina (2014) e Operário (2015).

Mas o certame de 2016 já teve cinco rodadas e o cenário inicial já é diferente em relação aos anos anteriores neste mesmo período da competição. Ou seja, as equipes de Curitiba estão a frente, pelo menos os resultados demonstram isso. Em meio a este desempenho, destaque para o Paraná Clube, que de desacreditado por muitos, passou a ser um dos favoritos para a conquista e fez muita gente morder a língua com o melhor início de temporada da história do clube. 

Em outro ponto, notamos que os confrontos diretos entre Capital vs. Interior teve apenas um revés para os escretes da capital e ainda decidida nos minutos finais - Toledo 3 x 2 Coritiba . Em relação a tudo isso, temos algumas questões. O que aconteceu com as equipes do interior? Este ano os escretes do interior estão mais fracos? Os quatro times da capital estão levando a sério o Paranaense 2016? A tabela do início de campeonato não favoreceu os times do interior?

Ainda que tenha seis jogos pela frente para decidir o rumo do certame, é algo a se preocupar com o futebol apresentado pelas equipes do interior. Sabendo que os times da capital também não estão apresentando um bom futebol em TODAS as partidas, sem ter aquela regularidade, mas futebol é resultado e bola na rede. Por enquanto, eles (capital) estão um pouco a frente neste quesito. Ainda que, nas próximas rodada, os quatro clubes da capital irão ter duelos entre eles e isto pode beneficiar as equipes que estão próximos e encostar e até passar na tábua de classificação. 

O escrete do Foz do Iguaçu é a equipe que está na na sequência, depois dos times da capital. Mesmo com o time da fronteira com duas derrotas seguidas. A outra equipe do interior e que tem o melhor desempenho entre os times do interior é o Londrina. Porém, o Tubarão caiu algumas posições na tábua de classificação devido a uma escalação de um jogador irregular e 
perdeu de seis pontos. 


Operário – A equipe do Fantasma está tendo inúmeros pesadelos com quatro derrotas e um empate, em cinco jogos do certame. O início da equipe de Ponta Grossa foi de assustar e de ficar esperto para o restante, já que enfrentou o Atlético-PR, Paraná Clube, JMalucelli e Coritiba, com duas derrotas em casa e duas fora. O único ponto do Fantasma foi diante o Maringá e ainda 0 a 0 em casa. O primeiro passo do treinador Claudemir Sturion é planejar ações IMEDIATAS para o campeão de 2015 fugir da zona do rebaixamento.

Kléber, o Gladiador – O atual artilheiro do Campeonato Paranaense 2016 avisou antes de iniciar o certame. – "Vou fazer mais gols esse ano, pois jogarei mais avançado." Não é que o atacante está respondendo e cumprindo o que falou na imprensa! Ainda que o Kléber passou por momentos de polêmica nas primeiras rodadas, em uma casa noturna. Fato que está sendo apagado pelas ótimas apresentações e, claro, com os gols. 

Assuntos que merecem a nossa atenção e que em breve serão discutidos aqui na Coluna DRAP. 

__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.