[JUVENIL] Mesmo com a virada em pleno Francisco Muraro, Fanny está eliminado da Suburbana


O Vila Fanny se superou em Santa Felicidade. Depois de estar perdendo por 3 a 0, o alvirrubro voltou com raça para o segundo tempo, comandado pelo capitão Tiquinho. A virada veio, mas com a goleada que o Renove impôs ao Quitéria, o Vila ficou em terceiro no saldo de gols e se despede do amador em 2015.

Por Isaac Silva

O Time do Fanny deu a saída de bola e já teve as primeiras ações ofensivas da partida aos 9' com Tiquinho, mas sem perigo. Aos 11', o time da casa respondeu com Barreto, que desperdiçou por cima do travessão. Logo em seguida após a reposição do goleiro Gabriel, o atacante Barreto teve a segunda oportunidade, em que conseguiu ganhar dos dois zagueiros mas chutou para fora! Desperdiçando outra chance.

O gol do Trieste estava amadurecendo, e após uma falta batida pelo jogador Gustavo, Vitor Hugo finaliza e abriu o placar no Francisco Muraro, sem chances para o goleiro Gabriel. Aos 30', nova alegria nas arquibancadas. Após dividida com o goleiro do Fanny, Barreto ampliou o marcador. O centroavante estava em um dia de artilheiro, já que aos 39', Barreto chutou por cobertura e marcou mais um golaço na Suburbana 2015, fazendo 3 a 0 Trieste. Mas te digo amigo: o Fanny não estava morto em campo. Um minuto depois do gol do Trieste, Rafael não quis saber de brincadera e diminuiu o placar. Após 1 minuto determinado pelo Juiz, final do primeiro tempo.


SEGUNDO TEMPO - Voltando para a parte complementar da partida aos 2', o Fanny marcou o seu segundo gol após trocas de passes, começando da defesa até chegar no camisa 11 Sutil. A partir daí o jogo ficou pegado e perigoso para o time da colônia, pois o escrete do Fanny precisava de um resultado positivo. Sabendo disso, a partir da metade da segunda etapa os dois times optaram por realizar várias substituições, mas nada que mudasse o placar.

Aos 30', o jogo esquentou: tivemos um pênalti para o time visitante, sofrido por Tiquinho - que estava muito bem na partida. Ele deixou a responsabilidade para o camisa 5, Maurício, que mesmo escorregando não tremeu na base e chutou no meio para empatar. Com o placar empatado, poderíamos definir este embate como um jogaço de bola. Aos 34', os dois times ficaram com 10: Maurício pelo Fanny e Renan pelo Trieste foram expulsos.

Mas faltava a cereja do bolo. No último minuto, para virar a partida e acabar com a festa do time da Colônia, Tiquinho - que havia sofrido pênalti, tinha cartão amarelo e era capitão do seu time - estava embaixo das traves para cabecear e tirar do goleiro e virando o placar no Estádio Francisco Muraro. Placar final: Trieste 3, Vila Fanny 4.


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, 
desde que citada a fonte.