Fanny quebra a sequência de vitórias do Trieste fora de casa e está na semifinal da Suburbana


Trieste e Vila Fanny duelaram na tarde de hoje (07) em partida válida pela última rodada da 2ª fase da Suburbana 2015, no Estádio Francisco Muraro. Em um confronto bastante equilibrado, mas com ataques de ambas as equipes ineficientes o placar persistiu fechado. Mesmo com esse resultado, a equipe do Fanny garantiu uma das duas vagas no grupo D. Já o escrete do Trieste caiu, já que foi ultrapassado pelo Quitéria.


Por Rafael Buiar

Com clima de decisão, o time da casa deu o ponta pé inicial no Francisco Muraro. Mas foi o time do Fanny que arriscou primeiro com jogada de velocidade na direita com o camisa 10, Valdir. Passado a pressão inicial do Fanny, o Trieste melhorou e trocou passes na intermediária. Mas nada de furar o bloqueio do Fanny, com o sistema defensivamente bem postado, com 5’. Minutos depois, aos 7’, a equipe da casa assustou com o camisa 9, Laércio. A jogada iniciou com Foguinho e Thiago Camargo, que terminou com uma conclusão de Laércio, longe do gol. Passado os 10’, o time da casa começou a rodar a bola, mas teve dificuldades de furar o bloqueio. Devido a isso, o embate ficou preso no meio de campo. 

O time do Fanny começou a ganhar mais volume a partir dos 15’. Período em que conseguiu três escanteios e preocupou o goleiro Diego Molina. Defesa que deu um certo gás para o Time da Colônia que utilizou o meio, enquanto que o Fanny arriscou nos flancos, com 22. Percebendo isso, a torcida alvirrubra, em bom público, começou a empurrar o time visitante. Mas a pressão do Fanny não durou por muito tempo, pois o time da casa avançou a marcação e dificultou um pouco a vida do sistema defensivo do Fanny na saída de bola. Com isso, aos 33’, a equipe do Trieste arrematou com Foguinho, que quase abriu o placar em Santa Felicidade. 


Nos minutos finais do primeiro tempo, o jogo ficou interrompido alguns minutos por causa da confusão da torcida com o assistente. Na sequência, o escrete do Fanny cresceu nos minutos finais, já que ficou com mais posse de bola. Mesmo assim, o ataque da equipe do Fanny não conseguiu vencer o goleiro Diego Molina.

SEGUNDO TEMPO – No retorno a segunda etapa, o time da casa sacou Thiago Camargo, artilheiro da Taça Paraná 2015, para a entrada do meia atacante Nenê. O time visitante voltou com os mesmos jogadores. O troca-troca deu resultado para a equipe da casa, que ganhou mais volume de jogo e pressionou nos minutos iniciais. Porém, o time da colônia ficou aberto para o contra-ataque. 

Aos 5’, o zagueiro do Trieste Luciano saiu lesionado, após chocar-se com o goleiro do próprio time. Na seqüência, o zagueiro Edson entrou no lugar. Passado dos 15’, a equipe do Trieste - com mais corpo no jogo - teve dificuldade em concluir ao gol. Rogério marcou individualmente Laércio e comandou a zaga do Fanny. Com o placar fechado, ambos os treinadores fizeram alterações buscando o gol da classificação, já que o placar no Solar do Bosque estava empatado em 2 a 2. Neste período do embate, a equipe do Fanny teve duas chances. Mas nos dois lances, o goleiro Diego Molina fez ótimas defesas evitando o gol da equipe adversária. Do outro lado, no contra-ataque, o Trieste respondeu com Laércio e Alex, que quase abriram o placar aos 30’. A mudança de ambos os treinadores foi positiva para o jogo, pois o embate ficou aberto.


Nos minutos finais, o confronto ganhou emoção. A equipe do Trieste estava ficando de fora com o resultado no Solar do Bosque, que estava em 3 a 2 para o time do Santa Quitéria. Fato que fez a equipe de Santa Felicidade correr mais nos minutos finais. Mas a pressão parou minutos depois. Aos 44’, o atacante Wallisson perdeu ótima oportunidade de abrir o placar. O camisa 14 tirou de casquinha e ganhou na corrida, mas na conclusão não foi feliz. O embate persistiu por mais cinco minutos, mas nenhuma das equipes conseguiarm furar o sistema defensivo na tarde deste sábado.

XXXXXXXXXXXXXXXX OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXX

TRIESTE: Diego Molina; Buiu, Luciano (Edson), Carlinhos e Victor; Cirilo, Amarildo (Giovani), Foguinho (Capanema) e Allan (Alex); Laércio e Thiago Camargo Tec. Feijão

VILA FANNY: Lile; Anderson (Bruninho), Marquinhos, Rogério e Gasosa; Arthur (Eliseu), Alex, Magú e Valdir; Juliano e André. Tec. Nego

Cartão amarelo: Carlinhos e Vitor (Trieste) e Magú, André e Marquinhos (Vila Fanny).

XXXXXXXXXXXXXXXX PRÓXIMA RODADA XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Com o empate e o resultado da outra partida do grupo – Renovicente 2 x 3 Santa Quitéria, a equipe do Fanny confirmou uma das duas e jogará a semifinal com Iguaçu. O primeiro embate será no Estádio Ismael Gabardo e o último confronto será na casa do Iguaçu. Já o escrete do Trieste está eliminado no certame de 2015.

__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, 
desde que citada a fonte.