Wesllem Pelézinho, uma pedra sendo lapidada nos campos da Suburbana


No último jogo entre Urano e Operário Pilarzinho na categoria juvenil, o escrete tricolor passou por vários momentos durante a partida. O primeiro momento foi bom, com 2 a 0 em poucos minutos do apito inicial, mas na segunda etapa acabou levando a virada. Momento que a garotada respirou fundo e conseguiu retirar forças do "além" para virar o placar ao seu favor e conquistar o triunfo. Dentre os jogadores que se destacaram neste embate, o atacante Wesllem Peléziho, autor do gol da vitória, foi um dos pilares para a equipe do Pilarzinho conquistar o triunfo no Manecão. Conheça um pouco da história do camisa 9 do O. Pilarzinho, "uma pedra sendo lapidada nos campos da Suburbana":

Por Rafael Buiar

O futebol brasileiro em um contexto geral necessita de um camisa 9, um grande exemplo disso é a nossa seleção brasileira, que está com saudades depois do Ronaldo ter anunciado a aposentadoria. Mas em outros campos, pra ser mais exato, o da Suburbana, na categoria juvenil, tem inúmeros garotos que lutam para realizar este sonho e dar alegria a nós brasileiros. Partindo desta perpectiva, o camisa 9 do Operário Pilarzinho, Wesllem Pelézinho, é um, que com a experiência do futebol amador de Curitiba tem alimentado ainda mais este objetivo pessoal.

Para muitos, a Suburbana gera aquele preconceito, de que o futebol é de baixa qualidade e outras coisas deste gênero. Mas na visão do garoto de 17 anos, Wesllem Pelézinho, a Suburbana é uma ótima experiência e tem ajudado em vários fundamentos, que na frente será essencial na carreira. “A Suburbana tem muitos aspectos fundamentais que um jogador precisa como posicionamento, resistência, velocidade e habilidade, principalmente”, esclarece Wesllem.


A trajetória do Wesllem no Pilarzinho iniciou a quatro anos, quando o camisa 9 conheceu o atual treinador, Elizeu Duarte, que chamou para disputar a Suburbana. Desde então, com as suas principais característica, como a velocidade, a boa impulsão para cabecear e o chute, foram vários clubes, como Paraná Clube, Renovicente, Grecal, Grêmio ferroviário e C.F.A Eesportes.

Em relação ao treinador atual do Pilarzinho e que Wesllem conhece bem, o camisa 9 destaca trabalho realizado nesta temporada. “Ele é um bom treinador, já foi vice-campeão o ano passado é sei que o nosso time tem potencial para brigar pelo titulo esse ano também”, comenta.

Mas além do trabalho do treinador, tem outro apoio que é fundamental para alimentar cada dia mais este sonho de moleque, os familiares. Mas Wesllem Pelézinho não tem este apoio e com isso destaca a luta para conquistar este sonho. “To me virando sozinho, eles não acreditam que posso ser um jogador. Assim é muito difícil correr atrás do seu sonho sozinho, sem ninguém pra te incentivar. Porém, eu vejo de outra forma, que isso me da mais força ainda pra lutar e mostrar q eu sou capaz”, conclui o camisa 9.

Na base da Suburbana sabemos que tem olheiros para dar aquela guinada na carreira, tanto com empresários ou olheiros. Mas esse fato ainda não aconteceu com Pelézinho, que tem fé e acredita que isto seja uma realidade em breve. “Não aconteceu isso comigo ainda, mas confio em Deus e sei que a minha hora vai chegar. Buscai primeiro o reino de Deus e todos as outras coisas serão acrescentadas”, relata.

No último embate, o duelo foi pegado e aberto, ou seja, teve momentos distintos. Mas em nenhum deles, Wesllem não parou de lutar. Com o seu empenho, a equipe do Operário Pilarzinho conseguiu se manter na liderança do certame e vai com tudo para a próxima fase. Na análise do camisa 9 do Pilarzinho, a vitória teve um gosto especial e alimentou ainda mais o sonho do nosso objetivo.

“Sim sabemos que o nosso time tem qualidade para ganhar e acreditamos até o final. Nós lutamos para conseguir o máximo em campo e Deus nós abençoou com a vitoria e, claro, fique muito feliz de ter feito o gol da vitoria. Não é fácil. Ainda mais tomar a virada sabendo que estávamos ganhando de 2 a 0, mas acreditamos no nosso potencial, persistência, vontade e calma para sair com a vitoria”, desabafa, Wesllem.

__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.