Em jogo bastante “brigado”, Bangú e Trieste empatam em 2 a 2


No terceiro jogo do returno da Suburbana 2015, a equipe do Trieste empatou no Estádio Francisco Thiago da Costa, em 2 a 2, com o escrete do Bangú. A equipe Triestina ficou duas vezes atrás no placar, mas buscou o empate com dois chutes de longas distâncias dos laterais. Mesmo com o empate, o time do Bangú segue na últimas colocações, já o Trieste na briga pela liderança do certame.

Por Rafael Buiar

A equipe do Trieste deu o ponta pé inicial na partida, mas quem teve o volume de jogo foi o escrete do Bangú nos primeiros minutos. Porém, as primeiras finalizações saíram do time da Colônia, principalmente, com o camisa 9, Thiago Camargo. Mas passados alguns minutos, o sistema defensivo da equipe do Trieste avançou. Em relação a isso, o time do Bangú aproveitou e não demorou muito para arrematar. Na saída de bola da equipe Triestina, com o goleiro, a equipe do Bangú recuperou a bola e o atacante Bruno cruzou na medida para Fábio, que só ajeitou para o Paulinho arrematar e abrir o placar no Estádio Francisco Thiago da Costa, aos 10’ da primeira etapa.

Passado o momento do gol, o time “visitante” ficou nervoso e com isso errou vários passes na intermediária. Ou seja, a equipe do Bangú ficou com mais volume de jogo, enquanto o time do Trieste só se defendeu. Porém, ligada na partida. Minutos depois, em um uma cobrança de lateral, a equipe de Santa Felicidade encontrou o gol de empate aos 19’, com o lateral Vitor em um chute de longa distância, no lado esquerdo, sem chances para o goleiro Ricardo. Não demorou muito para a equipe do Bangú responder o gol de empate, pois aos 27’ o atacante Bruno desempatou. A jogada teve início no lado direito com Fábio, que cruzou na medida para Babu ajeitar para o camisa 9 do Bangú chutar do meio da rua, sem chances para o goleiro Diego, que havia entrado a pouco minutos na partida.


Depois do segundo gol do Bangú, o embate ficou preso no meio de campo. As duas equipes não conseguiram finalizar, mas em jogada de Buiú, que ganhou na velocidade de William Neguinho, o time do Trieste empatou novamente. A jogada aconteceu no lado esquerdo, com o lateral arrematando na entrada da área, sem chances para o goleiro Ricardo, aos 37’ da etapa inicial. Com o segundo gol, o escrete do Trieste melhorou no volume de jogo. Mas não teve forças para virar na primeira.

SEGUNDO TEMPO - A conversa do intervalo com o treinador Feijão deu resultado, pois nos primeiros minutos da segunda etapa o time do Trieste voltou ainda melhor. Com mais volume de jogo e utilizando principalmente seus laterais para chegar ao ataque. Mas foi a equipe do Bangú que quase desempatou, com o atacante Paulinho, que de longa distância arrematou e o goleiro Diego fez ótima defesa.

Minutos depois, Paulinho saiu cansado e o treinador Jefferson optou na entrada do veloz atacante Romarinho. Com a substituição no ataque, o time do Bangú utilizou as pontas para segurar os laterais da equipe do Trieste, que abusaram naquele setor. Com isso, o embate ficou bastante movimentado. Mas foi aos 27’, em bola parada, que o camisa 10 do Trieste, Nenê, cruzou para Afonso que não conseguiu cabecear 100% a bola e mesmo assim tirou tinta da trave e uh da torcida triestina.

Nos minutos finais, ambos os treinadores fizeram alterações em suas equipes. Com isso, o embate ficou bastante preso na meia cancha. Mas aos 47’ da etapa complementar, Romarinho, que tinha saído do banco, em jogada individual arrematou e quase acertou o ângulo do goleiro Diego. Na sequência, o árbitro Gustavo Nogas decretou o final da partida. Bangú 2, Trieste 2.



XXXXXXXXXXXXXXXX OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXX

BANGÚ: Ricardo; Diego, Elizeu, Babu e William Neguinho; Edmar, Fábio (Gustavo Araújo), Elton, Betinho (Camisa 19); Paulinho (Romarinho) e Bruno (Camisa 17)Treinador: Jefferson .

TRIESTE: Bruno (Diego); Buiú, Luciano, Carlinho, Vitor; Fabiano, Goiano, Amarildo, Nenê (Foguinho); Allan (Afonso) e Thiago Camargo (Juninho).  Treinador: Feijão.

Gols: Paulinho aos 10' do 1º tempo e Bruno aos 27 do 1º tempo (Bangú) e Vitor aos 19' do 1º tempo e Buiú aos 37' do 1º tempo (Trieste)

Cartões Amarelos: Goiano (Trieste)

XXXXXXXXXXXXXXXX PRÓXIMA RODADA XXXXXXXXXXXXXXXXXX

A equipe do Bangú jogará em casa, no Estádio Octávio Silva Nicco, no bairro Mossunguê, com o escrete do Nova Orleans. Ou seja, embate de seis pontos, pois ambas as equipes estão na parte de baixo da tabela. Já o time do Trieste irá desafiar a equipe do Iguaçu, Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, em Santa Felicidade. 

__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, 
desde que citada a fonte.