Pilarzinho e Bangú ficam no 0 a 0


A equipe do Bangú até que tentou se recuperar do vexame da primeira rodada, mas não conseguiu sair do 0 a 0 diante o Operário Pilarzinho, no Estádio Bortolo Gava. Com o placar de empate, as duas equipes ainda não sabem o que é vencer na Suburbana 2015, com duas rodadas já realizadas.

Por Rafael Buiar

No princípio do embate, o time do Operário Pilarzinho teve o maior volume de jogo, mas com dificuldades, não arrematou com perigo ao gol do goleiro Ricardo. Passados os 5’, o time visitante teve as primeiras ações ofensivas. Destaque para as jogadas de velocidades do trio de ataque do Bangú. Primeiro com o lateral esquerdo William Neguinho e na sequência com o “ligeirinho”, Romarinho, no setor esquerdo, que terminaram com defesas do goleiro Evandro.

Depois dos minutos iniciais, o time do Bangú melhorou no meio do campo. O atacante Romarinho passou a ser o jogador mais acionado na partida, principalmente, com a ligação direta dos volantes. A velocidade do ataque do time visitante passou a ser a principal arma da equipe. Minutos depois, outra oportunidade desperdiçada no lado do Bangú. Desta vez, em jogada com Romarinho, que deixou Betinho cara-a-cara com o goleiro Evandro. Mas o camisa 10 desperdiçou a melhor chance até o momento, com 12’. Do outro lado, o time casa investiu mais pelo setor esquerdo. Porém, só passou a atacar com perigo em bolas paradas.

Na metade da etapa inicial, o time casa melhorou em relação ao início do embate. O lateral esquerdo, Piotto, foi o jogador mais acionado na equipe do Pilarzinho na primeira etapa. Mas a reação do time da casa diminuiu 10’ depois, pois o confronto ficou mais equilibrado e com várias faltas. Devido a isso, o árbitro Felipe Kirchner mostrou dois cartões amarelos, um para cada lado. Com isso, as principais jogadas, para ambos os times, foram os contra-ataques que não foram aproveitados. Minutos depois, o árbitro Felipe decretou o final da etapa inicial.


SEGUNDO TEMPO - Na volta para a etapa complementar, nenhuma das equipes realizaram alterações de jogadores. Mas em relação a atitude, o time da visitante voltou com mais vontade de vencer. Mas a forte marcação do Pilarzinho dificultou a criação do time do Bangú, com 10’. Mesmo assim, em alguns lances de contra-ataque, o time do Pilarzinho conseguiu assustar com o atacante Tomás, que arrematou forte. Mas a zaga conseguiu afastar o perigo de gol.

Passados dos 15’, com o time do Bangú melhor, o treinador Pettersson do Pilarzinho foi obrigado a mudar o time. Sacou o meia Cainan para dar lugar ao experiente Clóvis. A alteração mudou o ritmo da partida por parte da equipe da casa, pois o tricolor ganhou mais mobilidade no meio de campo. Mas não durou por muito tempo, já que minutos depois o embate ficou preso em jogadas na meia cancha.

No lado do Bangú, o treinador Jefferson mexeu na equipe. Mas os jogadores que entraram não conseguiram manter o mesmo futebol dos que saíram. Nos minutos finais, as duas equipes tiveram oportunidades de marcar, mas a falta de conclusão dos atacantes de ambas as equipes não foram suficiente para o placar sair do 0 a 0. Final de jogo, Operário Pilarzinho 0, Bangú 0.




Xxxxxxxxxxxxxxxxxx A PRÓXIMA RODADA xxxxxxxxxxxxxxxxxxX

A equipe do Operário Pilarzinho jogará pela primeira vez fora de seus domínios, o adversário da vez é o atual campeão da Suburbana, Nova Orleans. Mas a má fase do time alviverde, que perdeu nas duas primeiras rodadas, não assusta o time do Pilarzinho que quer reverter o placar da final da Suburbana no Estádio José Drulla Sobrinho. Já o time do Bangú irá desafiar em casa o escrete do Vila Hauer no Estádio Octávio Silvio Nicco, que  perdeu em casa para o rival Vila Fanny na última rodada.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxX

Operário Pilarzinho: Evandro; Cristian, Thiago Gbur, William Loco e Thiago Piotto; Patrick (Cabeça), Molão, Cainan (Clóvis) e Bitoca;  Tomás e Robeson (José). Treinador: Petersson

Bangú: Ricardo; Alisson, Gustavo Araújo, Babu e William Neguinho; Edmar, Pedro (Leandro), Elton e Betinho; Leandrinho (Eweverton Foca) e RomarinhoTécnico: Jefferson.

Cartão amarelo: Clóvis e Patrick (Operário Pilarzinho) e Babu e Alisson (Bangú)
__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, 
desde que citada a fonte.