Na Copa Paraná, Fortaleza vence mais uma


O escrete do Fortaleza venceu mais uma na Copa Paraná neste sábado (11) e é um dos líderes do certame. A presa da vez foi a equipe do Sítio Cercado, Arbesc, que pouco fez para reverter o show de gols do Forta, no Estádio Antonio Monteiro Sobrinho. Com a vitória, a equipe do Jardim Gabineto irá confiante e cheia de gás para enfrentar na 3ª rodada o escrete do Almirante Tamandaré.

Por Rafael Buiar

O embate da primeira rodada, diante o Mengão Lindóia, animou a todos os envolvidos do bairro do Jardim Gabineto com a vitória de 2 a 1. Animação e vontade que foi visível no semblante dos jogadores para o segundo confronto da Copa Paraná. Dito e feito, a confiança foi refletida dentro de campo já nos primeiros minutos do embate. Com isso, a equipe da casa tomou a iniciativa e teve mais ações ofensivas nos minutos iniciais com bola rolando. Destaque para o setor direito do Fortaleza com o camisa 2 e o veloz, camisa 11, em que realizaram as melhores jogadas no principio do jogo.

Aos 10’, a equipe do Forta tirou um pouco da pressão dos minutos iniciais e aliviou. Momento em que o time visitante apareceu na partida, mesmo sem mobilidade na meia cancha. Em relação a isso, o escrete do Arbesc sofreu algumas faltas próxima da área. Dentre essas, duas faltas perigosas, mas que foram desperdiçadas pela equipe adversária. Sendo assim, as únicas oportunidades do time do bairro do Sítio Cercado do jogo acabaram. Sabendo disso, a equipe da casa precisou de outro animo para voltar com a mesma pressão inicial. Sim, não demorou muito para isto acontecer, pois o camisa 2 do Forta acertou um tirambaço do meio da rua e abriu o placar no Estádio Antonio Monteiro Sobrinho, aos 16’.


Passado dos 30’ da primeira etapa, o time da casa continuou a pressionar. Em um dos ataques, o abusado camisa 11 quase ampliou em ótima jogada pela direita. A pressão foi tanta, que minutos depois o Fortaleza ampliou. Mas o bandeirinha assinalou impedimento depois da ótima cobrança do Edmar, em que o goleiro do time visitante rebateu nos pés do atacante do Forta que empurrou para o fundo da rede. Sem muita reclamação, o jogo prosseguiu e nos minutos finais do primeiro tempo, o jogo ficou mais cadenciado. No entanto, alguns lances perigosos aconteceram, principalmente, com o veloz camisa 11 do Fortaleza, que certamente foi o destaque da primeira etapa. Mesmo assim, o placar persistiu em 1 a 0, até os 45’.

SEGUNDO TEMPO - A equipe visitante se postou melhor no meio de campo e conseguiu mais volume de jogo nos primeiros minutos da segunda etapa, além do time da casa dar uma recuada. Mesmo assim, o segundo gol do Fortaleza aconteceu aos 5’, em jogada individual do camisa 10, que sofreu falta dentro da área. Pênalti cobrado pelo mesmo e convertido, sem chances para o arqueiro do time visitante. Após o pênalti, o escrete do Arbesc caiu de produção, pois minutos depois o Forta fez o terceiro com o camisa 18, que de fora da área arrematou no canto do goleiro, sem chances para o camisa 1 do time do Sítio Cercado, aos 8’. Com menos de 10’, a equipe da casa já vencia por 3 a 0 e ainda teve domínio total dentro de campo. Porém, mesmo com o folga no placar, o técnico Vilmar queria mais e promoveu várias alterações na equipe da comunidade do Gabineto.


Dentre as substituições, a torcida, animada, faz a festa com a entrada do Douglinhas, camisa 12 do Forta. Justamente ele alvoroçou ainda mais o meio de campo e ajudou a equipe da casa fazer o quarto. Maicon, que havia entrado a pouco, fez o seu com jogada iniciada pelo lado direito, com o camisa 6. Na sequência, em outro lançamento, desta vez do camisa 12, na medida para o veloz camisa 11, que só teve o trabalho de desviar do goleiro e ir para o abraço com os seus companheiros.

Com 5 a 0 no placar e com a torcida em festa, os primeiros ‘gritos de olés’ foram entoados no Estádio Antonio Monteiro Sobrinho. Com a troca de passes, com mais ou menos dois toques em cada jogador, a bola chegou redondinha para o camisa 21, que arrematou no travessão. Sendo essa, a última oportunidade perigosa da partida. A partir deste lance, o embate se arrastou com o time da casa trocando passes até o apito final do árbitro. Fortaleza 5, Arbesc 0.


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.