As distâncias no Paranaense 2015


O Campeonato Paranaense 2015 já teve 24 partidas em quatro rodadas, duelos que foram realizados de 31 de janeiro com a rodada de abertura entre Coritiba 2 a 1 no Nacional, no Estádio Érich Georg, em Rolândia, até 11 de fevereiro. Dentre os embates já ocorridos, algumas surpresas, outras nem tanto. Destaque para os triunfos de Londrina diante o Maringá no Estádio Willie Davis na terceira rodada e as vitórias do Operário sobre o Londrina e do J.Malucelli diante o Paraná Clube, ambas na quarta rodada. Qual é a semelhança entre essas partidas? Todas foram com vitórias dos visitantes. Sendo assim, utilizamos a calculadora, papel e caneta para calcularmos cada quilômetro que os times participantes do certame irão percorrer nesta primeira fase do Paranaense 2015.

Por Rafael Buiar

A última equipe a garantir vaga no Campeonato Paranaense 2015 foi o escrete do Foz do Iguaçu, pois entrou no lugar do desistente Arapongas. Talvez seja esse o motivo pelo qual a equipe da Fronteira irá viajar mais na primeira fase. Ao todo, a equipe do goleiro Edson Bastos irá percorrer cerca de 3.780 quilômetros. Desta distância, a equipe do Foz já caminhou cerca de 1141 km, nos confrontos com Londrina e Operário. Mas o caminho mais longo da equipe do Foz será o embate da décima rodada, no Estádio Gigante do Itibere do Leão da Estradinha, com seus 734 km do Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu. Os outros embates fora da cidade serão diante os escretes do Jotinha (632 km), Atlético (636 km) e Paraná Clube (639 km).

FOTO: Divulgação
A segunda equipe que mais irá percorrer estrada no certame também obteve acesso no ano passado e é da região oeste do Paraná. Ao todo, o FC Cascavel irá “caminhar” cerca de 2300 km, em seis embates. Desta meia dúzia de confrontos fora do Estádio Olímpico, em Cascavel, dois já foram realizados. Ambos os confrontos terminaram com o placar fechado, J.Malucelli e Paraná Clube, que representa o caminho mais longo da Serpente na primeira fase. Os outros quatro embates fora da cidade de Cascavel serão diante às equipes do Londrina (376 km), Maringá (279 km), Coritiba (505 km) e Foz do Iguaçu (134 km), que totaliza cerca de 1.294 quilômetros.

O vice-campeão do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso em 2014 foi o escrete do Nacional de Rolândia, do norte do estado. A equipe da região norte será a terceira que mais acumulará quilômetros rodados na primeira fase. Ao todo, o NAC irá percorrer cerca de 2230 km, em seis jogos. Dentre esses, o Nacional já percorreu 505 km em duas partidas, contra Londrina (25 km) e Foz do Iguaçu (480 km). Os embates restantes serão diante das equipes do Cascavel (347 km), Paraná Clube (398 km), Rio Branco (597 km). 

Agora o escalão do meio, em relação ao de quilômetros rodados, é formado por times da região norte, campos gerais e do litoral. Por ordem, a equipe do Rio Branco é a quarta com o maior caminho a ser percorrido no Paranaense. Ao todo, o time do litoral passará por cerca de 1860 km, em seis embates. O caminho mais longo será na sexta rodada diante do Maringá, no Estádio Willie Davis, com 525 quilômetros do Gigante do Itibere, em Paranaguá. Na sequência, o atual campeão é uma das equipes que menos jogou fora com quatro rodadas já disputadas. Com isso, as próximas rodadas do Londrina serão fora de seus domínios. Ao todo, a equipe alviceleste irá viajar cerca de 1710 km, em cinco embates. O caminho mais longe do Café será para o confronto diante do Rio Branco do Paranaguá, distante 490 km da cidade de Londrina.

Foto: Agência ArtPress
Maringá, Prudentópolis e Operário estão logo atrás na lista de distância a percorrer. A Zebra terá 1688 km em cinco jogos fora de seus domínios. Destes, a equipe atual vice-campeã do Paranaense já disputou duas partidas, Nacional (77 km) e o caminho mais longo da primeira fase, Coritiba (421 km). O Prudentópolis irá percorrer 1638 km em seis embates. O caminho mais longo do Tigre será na nona rodada, diante da equipe da fronteira, com seus 449 km do Estádio Newton Agibert, em Prudentópolis. O escrete que mais irá viajar no Campeonato Paranaense 2015 é o do Operário, mas em quilometragem a ser percorrida será o oitavo dos 12 times, com seus 1633 km. Dentre as sete viagens, o time já realizou quatro. Mas a nona rodada do Fantasma será o caminho mais longo do Estádio Germano Krugger, com seus 415 até o Estádio Olímpico, mando do FC Cascavel.

No entanto, como podemos ter notado, das oito equipes já citadas na lista, nenhum clube de Curitiba. Sendo assim os times que menos irão viajar no Paranaense de 2015 são de capital paranaense, Coritiba (1250 km), Atlético (1101 km), J.Malucelli (1074 km) e o Paraná Clube (1024 km). Dentre o quarteto da capital, Atlético e Coritiba já realizaram as viagem mais longas, FC Cascavel com seus 502 km da Arena da Baixada na primeira rodada e o Foz do Iguaçu na quarta rodada com 635 km da capital. O Jotinha e o Tricolor da Vila Capanema terão caminho mais longo com o mesmo adversário, o Maringá, a 421 e 427 km, respectivamente.

Foto - Globo.com
INFORMAÇÕES ADICONAIS
Foz: 3782 km/ 2 jogos realizados - 4 restantes  (10ª Rodada - R.Branco 734 km)
FC Cascavel: 2299 km/ 2 jogos realizados - 4 restantes (2ª Rodada - Paraná 506 km)
Nacional: 2228,8 km/ 2 jogos realizados - 4 restantes (9ª Rodada - R.Branco 584 km)
R.Branco: 1856 km/ 3 jogos realizados - 3 restantes (6ª Rodada - Maringá 525 km)
Londrina: 1710,7 km/ 1 jogo realizado - 4 restantes (5ª Rodada - R. Branco 490 km)
Maringá: 1688 km/ 2 jogos realizados - 3 restantes (2ª Rodada - Coritiba 428 km)
Prudentópolis: 1638,2 km /2 jogos realizados - 4 restantes (9ª Rodada – Foz 449 km)
Operário: 1633 km/ 4 jogos realizados - 3 restantes (9ª Rodada - FC 415 km)
Coritiba: 1250,9 km/ 2 jogos realizados - 3 restantes (4ª Rodada - Foz 635 km)
Atlético: 1101km/ 2 jogos realizados - 3 restantes (1ª Rodada - FC Cascavel 502 km)
J.Malucelli: 1074 km/ 2 jogos realizados - 3 restantes (11ª Rodada - Maringá 421 km)
Paraná: 1024,6 km/ 1 jogo realizado - 4 restantes (5ª  Rodada - Maringá  427 Km)
__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.