A Sul-Americana dos paranaenses


Na quarta semana do mês de agosto, iniciou-se a 11ª edição da Copa Sul-Americana, que tem o Coritiba como representante do estado do Paraná. A equipe Alviverde que está na sua 4ª participação, garantiu a classificação por ser uma das melhores colocadas no Campeonato Brasileiro de 2012 e também por ter sido eliminada antes da terceira fase da Copa do Brasil 2013.

#ESPECIAL
Por Rafael Buiar

A competição é considerada como uma continuação da Copa Conmebol, disputada na década de 90, que teve um formato similar, já que tem jogos de ida e volta. Desde sua criação, em 2002, o campeão se classifica para disputar a Recopa Sul-Americana - confronto com o campeão da América, do mesmo ano. E acredita-se que por falta de interesse dos clubes em disputar a competição, a Conmebolorganizadora do campeonato, passou a dar uma vaga para o campeão, da Copa Libertadores da América do ano seguinte.

Orlando Kissner/Site do Atlético
A primeira vez que um clube paranaense disputou a Copa Sul-Americana foi em 2004, com o Coritiba e Paraná Clube. A participação dos dois clubes não foi das melhores, já que foram eliminados na primeira fase, o Coxa pelo São Caetano, que na soma dos dois resultados, ficou em 4 a 3 para a equipe paulista. O Tricolor até que começou bem, venceu o Santos na Vila Capanema por um placar magro (1-0), mas no jogo de volta, sofreu uma derrota de 3-0 e foi eliminado. Dois anos depois, o futebol do Paraná foi representado novamente por uma dupla, Atlético e Paraná Clube. As duas equipes  já duelaram na primeira fase, em que o Furacão venceu os dois combates, nos placares de 3 a 1 (Pinheirão) e 1 a 0 (Arena da Baixada), garantido a classificação para as oitavas de final, diante o Tricolor da Vila.

Na fase seguinte, o time da Baixada enfrentou o River Plate-ARG e venceu por 1 a 0, no Monumental de Nuñez, Buenos Aires. Resultado que foi importante, já que na Arena da Baixada o Furacão empatou em 2 a 2. Devido a isso, o time Rubro-negro garantiu o passaporte para a próxima fase, que  enfrentou o Nacional-URU, outro clube de tradição da América do Sul. Duelo que a equipe paranaense venceu os dois confrontos, o primeiro em 2 a 1 (Centenário, Uruguai) e o segundo em 4 a 1 (Arena da Baixada). Após eliminar o time uruguaio, o Furacão enfrentou o Pachuca-MEX, considerado o time sensação da competição. Com muitas polêmicas, perdeu os dois jogos. Na sequência, o clube do México ganhou a Sul-Americana 2006, vencendo o Colo-Colo.

Foto: Reuters
As outras participações não foram muito boas para as equipes paranaenses, pois o Coritiba só passou para a segunda fase neste ano, em que venceu o Vitória, nos pênaltis. As outras campanhas foram com eliminações precoces, como a do São Caetano (2004), Vitória (2009) e o Grêmio (2012), ambas na primeira fase. O rival Rubro-negro foi quem mais participou na competição, ao todo foram cinco vezes, a primeira em 2006 – Pachuca, seguida de 2007 - Vasco da Gama, 2008 – São Paulo, 2009 – Botafogo-RJ e 2011 – Flamengo-RJ. Diferente do Atlético, o Paraná Clube foi quem menos participou, duas vezes. 2004- Santos e 2006, quando foi eliminado pelo rival, Atlético.

2013
Depois de dois anos consecutivos ser vice-campeão na Copa do Brasil, a equipe do Alto da Glória tem outros objetivos, investir pesado na Sul-Americana de 2013, para conquistar a tão sonhada vaga, a da Copa Libertadores da América. Hoje, a Sul-Americana é mais fácil de ser campeão do que o torneio nacional de mata-mata, pois a Copa do Brasil esta com regulamento novo, equipes mais fortes, já que quem disputa a Libertadores também tem a vaga na copa do Brasil. Exemplos de Grêmio, Palmeiras, Atlético-MG, Corinthians, Fluminense que disputaram as duas competição.

Foto: Divulgação / Coritiba

-Jogos dos Clubes Paranaenses

2004
Coritiba x São Caetano             (1-2) 1ª fase
Sao Caetano x Coritiba             (2-2)
Paraná Clube x Santos              (2-1) 1ª fase
Santos x Paraná Clube              (3-0)  

2006
Atlético x Paraná                     (1-3) -1ª fase
Paraná x Atlético                     (0–1) 
River Plate-ARG x Atlético         (0–1) -Oitavas de finais
Atlético x River Plate-ARG         (2-2)
Nacional-URU x Atlético            (1-2) -Quartas de finais
Atlético x Nacional-URU            (4-1)
Atlético x Pachuca-MEX            (0-1)  -Semi-final
Pachuca-MEX x Atlético            (4-1)      

2007
Vasco da Gama x Atlético         (4–2) -1ª fase
Atlético x Vasco da Gama         (0-2)

2008
Atlético x São Paulo                (0–0) -1ª fase
São Paulo x Atlético                (0-0) Pênaltis (3-4)
Atlético x Chivas-MEX              (2-2) -Oitavas de finais
Chivas-MEX X Atlético              (4-3)

2009
Atlético x Botafogo                 (0-0) -1ª fase
Botafogo x Atlético                 (2-3)   
Vitória x Coritiba                    (2-0) -1ª fase
Cortibia x Vitória                    (2-0) Pênaltis (3-5)

2011
Flamengo x Atlético                (1–0) -1ª fase
Atlético x Flamengo                (0-1)

2012
Grêmio x Coritiba                   (1–0) -1ª fase
Coritiba x Grêmio                   (3–2)    

2013
Vitória x Coritiba                    (1-0) 1ª fase
Coritiba x Vitória                    (1-0) Pênaltis (4-3)


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.