Camisa 9, o Fred te pegou

Dentre os protagonista do Brasil na Copa das Confederações FIFA 2013, encontra-se um atacante. Resumo na seguinte frase a sua atuação: “A camisa nove do Brasil para a Copa 2014 tem dono”. Quem é o cara da vez? Bom, chama-se Frederico Chaves Guedes, mas é conhecido como Fred, atualmente joga no time carioca, Fluminense.

#SELEÇÃO BRASILEIRA
Por Rafael Buiar

A Copa das Confederações terminou no último domingo (30), exatamente há 11 anos do penta do mundial, em que Ronaldo, Rivaldo e cia. fizeram o “fino da bola” diante a seleção da Alemanha. Com está motivação e o resgate da  data, que esta na memória do torcedor brasileiro, a final que todos estavam ansiosos para ver entre Brasil e Espanha no Maracanã (RJ) não poderia ser diferente, pois o estádio estava lotado, torcida a favor e com futebol de ótima qualidade apresentado até o momento. Sem dúvidas, ótimos ingredientes para a conquista de um campeonato. Com a bola rolando o jogo foi surpreendente, pela gananciosidade dos amarelinhos em vencer. Fato que era visível nos rostos dos jogadores, inclusive na hora que tocou o hino nacional. Desta forma, nem o melhor roteirista imaginava esta trama, em ver o placar de 3 a 0 diante da Fúria, que é (era) a sensação do momento, a atual campeã do mundo e líder no ranking da FIFASim, com este ótimo desempenho da seleção na competição, aquele sentimento de vestir a camisa amarela ressurgiu nos brasileiros, fato que os últimos treinadores do Brasil não conseguiram conquistar, casos de Dunga, Mano Menezes e outros, após o título mundial de 2002.

Fred só marcou gols em campeões mundiais na Copa das Confederações
A falta de atacante-nato na seleção brasileira era um dos motivos pela falta de "fé", já que estávamos há muito tempo sem um matador, desde a copa de 2006, quando Ronaldo, deixou de ser convocado. Depois de R9, sempre surgiu uma novidade com a desejada nove, Luís Fabiano foi o último que vestiu a amarelinha em Copa do Mundo, mas nada de holofotes, pois o atacante, que hoje joga no São Paulo não tem o mesmo caquete do R9, Careca, Romário e outros que tantos nos deram alegria com a seleção. O atual camisa nove do Brasil, Fred, não era convocado por Mano Menezes, que preferia Leandro Damião - que também é convocado por Felipão, e Alexandre Pato. Hoje, o camisa nove do Fluminense  é fundamental no esquema do professor Luiz Felipe Scolari, e a fortes rumores que o mineiro já carimbou sua vaga para brigar pelo hexacampeonato na Copa de 2014, no Brasil e desta vez como titular.

A Sua trajetória na seleção, como qualquer outro atleta, veio com um ótimo  fruto de trabalho no clube em que atua, no Fluminense. Fred ajudou o clube carioca a conquistar o título brasileiro no ano passado, sendo uns dos principais jogadores, se não o principal por mais um troféu do Tricolor carioca. Desde lá, o camisa nove vem almejando vestir a amarelinha em mais uma copa, já que jogou a Copa do Mundo de 2006, sendo reserva de Adriano e Ronaldo junto com Robinho. Devido a isso, ganhou até música, referente aos seus gols no clube carioca. Confira abaixo:


Neste mundial, a sua vestimenta tinha o número 21 e claro, Fred marcou o seu primeiro gol em Copa do Mundo, que foi na vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Austrália, no dia 18 de junho de 2006. Após a eliminação do Brasil nas quartas de finais pela França, o atacante voltou a ser convocado apenas pelo treinador seguinte, Dunga. Com isso, chegou até disputar a Copa América de 2007, em que o Brasil foi campeão diante a Argentina.

2013, o ano da redenção: Muitos acreditaram que sua passagem pela seleção seria tímida na Copa das Confederações, pois no começo do torneio Fred demonstrou isso, já que as duas primeiras partidas (Japão e México) o atacante não balançou as redes. Devido a isso, o reserva Jô, marcou duas vezes. Mesmo assim, o jogador não se abateu e a partir do jogo contra a Itália, ainda na fase de grupos, voltou a balançar as redes. Ao todo foram cinco gols, e Fred tornou-se, juntamente com Fernando Torres (Espanha), o artilheiro da competição, tendo marcado 5 gols (2 contra a Itália, 1 contra o Uruguai e novamente mais dois contra a Espanha na final). Com isso, o atacante ainda ganhou a chuteira de prata por sua artilharia.

Devido a isso, já houve especulação de Manchester City e Real Madrid, que teriam interesse na compra do passe do jogador
O primeiro gol na seleção aconteceu em 2005, em que disputou dois jogos e marcou duas vezes. Um ano depois, teve cinco oportunidades de atuar com a amarelinha, marcou novamente duas vezes. Com mudança de treinador, Fred foi novamente convocado, e o próximo gol na seleção Canarinha aconteceu cinco anos depois, e outra vez com dois gols. Ano seguinte, o camisa 9 marcou um gol, no único jogo que foi convocado. E por fim, o ano da redenção do atacante (2013), em que sua média é de um gol por jogo, pois marcou nove vezes em nove disputados. Ou seja, no total são 30 jogos com a camisa amarelinha e 16 gols marcados. Número ideal para se firmar como o próximo atacante do Brasil em Copa do Mundo. Concorda?


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.