Há 14 anos, o Brasil conhecia o novo caldeirão (Arena da Baixada)

Com o nome de Joaquim Américo Guimarães, a Arena da Baixada, que pertence ao Atlético, completou na última semana 14 anos de sua grandiosa inauguração da quarta reforma e que  já está no andamento de sua quinta, pois o estádio será uma das sedes da Copa do Mundo de 2014.

#ESTÁDIO
Por Rafael Buiar

O atual estádio do Atlético foi um dos pioneiros no cenário local, quando se fala em modernidade. Talvez, os novos torcedores atleticanos não irão saber das primeiras fases da Arena da Baixada, de quando começou a construção, que ocorreu antes mesmo da fundação do clube, no bairro Água Verde, em meados de 1914, pelo então presidente do Internacional Foot Ball Club, Joaquim Américo Guimarães. Após esse dilema de impasse, o Clube Atlético Paranaense – CAP, entrou em ação no ano de 1924, com a fusão de América e Internacional. Desta maneira, o Rubro-Negro tomou posse do estádio, na época era chamado de Arena da Baixada da Água Verde e a partir de 1937, a praça esportiva foi batizada com o nome do principal responsável pela construção, Joaquim Américo Guimarães.

Com o passar dos anos, as mudanças foram acontecendo no estádio. Ao todo, a casa do Furacão passou por cinco grandes reformas. A primeira foi em 1939, nada de alarmante, coisa pequena. 28 anos depois, a segunda reforma foi maior, em que teve aumento da capacidade para 15 mil lugares. Décadas depois, na sua terceira reforma o local teve novamente um aumento capacidade, desta vez, mais cinco mil lugares. Mas, o que mudou mesmo na vida do Clube Atlético Paranaense, foi a quarta reforma. Considerada a mais importante, uma revolução no clube, pois quando estava brigando pelo acesso do Campeonato Brasileiro de 1995, veio a notícia da construção de uma arena, com um projeto ousado e inovador para a época.

Como nos dias de hoje, a construção do estádio gerou polêmica, já que ocorreu a noticia que dinheiro público foi ingerido no projeto.
Com isso, uma comissão liderada por Mario Celso Petraglia implantou uma nova postura no CAP. A partir deste momento, o clube começou a ser administrado de maneira competente e profissional. Devido a isso, a construção começou só dois anos depois de ter divulgado o projeto. Ao todo, foi longo um ano, seis meses e 20 dias - O canteiro de obra foi lançado em 1° de dezembro de 1997 e em 20 de junho de 1999 foi entregue. O valor total da obra gerou em torno de US$ 30 milhões. Durante os 18 meses de construção muitos acompanharam as obras no Mirante, que virou um ponto de encontro dos rubro-negros e também serviu como local para a conquista de novos atleticanos. Com projeto inovador, o estádio apresentou inúmeras coisas que são padrão na Europa, como a parte interna do estádio, com a praça de alimentação, o acesso em diversas escadas e elevadores, chegando as arquibancadas, coladas ao campo, criando mais uma vez o Caldeirão do Furacão.

INAUGURAÇÃOO "novo" Atlético iniciou sua trajetória na nova Arena com um amistoso internacional, diante o time do Cerro Porteño (PAR), no dia 24 de junho de 1999. Data que jamais será esquecida pelos 32 mil torcedores, que estiveram presente na festa de abertura, pois está é o divisor de águas do clube. Confira no vídeo abaixo, como foi a festa de inauguração:



Ao longo desses 14 anos dentro da Arena, o Atlético Paranaense conseguiu resultados expressivos que levaram a várias conquistas, já no ano de estreia, o time conquistou a Seletiva da Libertadores (1999), dois anos depois, o maior título do clube, o Campeonato Brasileiro (2001) e dois vice-campeonatos: Brasileiro de 2004 e Copa Libertadores da América de 2005.

A Torcida na Arena da Baixada é um dos principais aliados para empurrar o time e conquistar a maioria das vitórias dentro de casa
5º Reforma (Copa do Mundo) -  Quem disse que iria parar por ai estava enganado, pois no dia 04 de outubro de 2011 as obras da quinta reforma da Arena da Baixada se-iniciaram. Com o intuito de sediar jogos da Copa do Mundo de 2014, para representar uma nova fase para o Estado do Paraná, para a cidade de Curitiba e principalmente para o Clube Atlético Paranaense.

Menos de um ano para a Copa do Mundo de 2014, o estádio não está concluído

A ARENACOPA contribuirá para deixar um legado de grande relevância para toda a população paranaense. Confira mais informações sobre o projeto no site www.arenacap.com.br.


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.