Zizinho, o 'Melhor da copa' de 1950

É evidente que a "final da Copa de 1950" foi denominada em Maracanazzo, e com o destaque maior nesse jogo (Brasil x Uruguai), o craque da Copa foi escolhido em uma destas agremiações, que, por um lado, queriam o Ghiggia (Uruguai) como o melhor, mas o escolhido foi o meio campista da seleção brasileira, Zizinho.

Por Rafael Buiar

A Copa do Mundo teve uma parada de 12 anos, devido às duas guerras mundias. Com isso, a expectativa era grande para a 4ª edição do torneio. Pois a segunda guerra mundial cancelou todas as decisões tomadas sobre o evento esportivo, até então. Na época, os favoritos eram do continente da América do Sul, Argentina e Brasil, e, por um lado, havia um peso maior na escolha entre a Alemanha, devido o Nazismo ser forte na época pelo seu ditador, Hitler. Mas, em 1946, aconteceu a decisão final sobre qual seria o quarto país sede da Copa. Com um longo tempo de espera, os países interessados foram deixando de lado a vontade de sediá-la, até 'sobrar' o Brasil, que era o único a manter o interesse. Devido a isso, a Copa de 1950 foi escolhida, assim como a de 1954 (Suíça), enquanto a de 1958 ficou pré agendada para Suécia.

A copa de 1950 merece uma atenção especial em relação às outras já realizadas, nela, aconteceu a integração de países da 'federação britânica' (Inglaterra, Escócia, Irlanda e País de Gales), ausente desde a primeira edição (1928). Além, é claro, da punição para a Alemanha e Japão, que foram excluídos desta copa, devido às Guerras, salvando-se a Itália.Outro fator a ser esclarecido é o regulamento da copa, o único a não ter uma final, e sim um quadrangular final. Mas é evidente que a "final da Copa de 1950" foi denominada  em Maracanazzo. Com o destaque maior nesse jogo (Brasil x Uruguai), o craque da Copa foi escolhido em uma destas agremiações, que, por um lado, queriam o Ghiggia (Uruguai) como o melhor, mas o escolhido foi o meio campista da seleção brasileira, Zizinho.

Pouco antes de ir à Copa do Mundo de 1950, o Meste ZIZA foi transferido ao Bangu.
ZIZINHO, O 'MESTRE ZIZA'
Zizinho, Leônidas da Silva e Domingos da Guia foram os principais jogadores do Brasil antes da era Pelé. Três mitos que brilharam nas três primeiras edições das copas, dois deles foram escolhidos os melhores da copa, porém, sem nenhum título mundial: Leônidas (1938) e Zizinho (1950). Mas ninguém sofreu mais que o 'Mestre Ziza'. Ele já era, de longe, o mais importante jogador do futebol brasileiro e o grande nome de um time que tinha feras do quilate de Ademir, Jair Rosa Pinto, Barbosa e outros. Sua carreira deu início no time da Gaveá, o Flamengo em 1939, até conquistar o tri campeonato carioca. Após isso, em 1950, o jogador foi negociado com o Bangu. A Copa do Mundo no Brasil em 1950, de tão sonhado pelo meia Zizinho, acabou tornando-se um pesadelo ao 'dono do time', pois o jogador queria o mesmo feito das seleções que sediaram em 1930 e 1934: ser campeão em casa. Mas o sonho parau no último jogo, justamente contra o Uruguai, que tornou-se Bi-campeão Mundial. A copa de 50 teve duas marcas de Zizinho, dois gols, um na Espanha e o outro na Iugoslávia (Gol no vídeo).


No entanto, o que passaria de motivação por ser escolhido o 'melhor da copa', passou a servir de drama, a vida do jogador, por não ter conquistado o título mundial, assim, neste ponto, Zizinho quase optou por  abandonar o futebol culpando a derrota no Maracanã. Porém, mesmo com a marca guardada em seu semblante, Zizinho voltou a treinar no Bangu, e transferido para time do São Paulo, em 1957, onde ficou até 1958, terminando a sua carreira. Mas uma honra foi dada ou meio campista, viu surgir Pelé, o 'maior jogador de todos os tempos', que confessa ser seu fã. 

TÍTULOS
Flamengo;
Carioca de Futebol: 1939, 1942,1943 e 1944
Torneio Relâmpago do Rio de Janeiro: 1943
Torneio Início do Rio de Janeiro: 1946
Troféu Cezar Aboud (MA): 1948
Troféu Embaixada Brasileira na Guatemala: 1949
Troféu El Comite Nacional Olímpico da Guatemala: 1949
Taça Cidade de Ilhéus: 1950

Bangu;
Torneio do Inicio do Rio de Janeiro: 1950,1951 e 1955
Torneio Tringular Internacional do Equador: 1957
Torneio Quadrangular do Rio de Janeiro: 1957
Torneio Triangular do Porto Alegre: 1957

São Paulo;
Campeonato Paulista: 1957

Seleção Brasileira;
Copa Rocca: 1945
Copa América: 1949
Copa Rio Branco: 1950
Campeonato Pan-Americano:1952
Taça Bernardo O'Higgins: 1955
Taça Oswaldo Cruz: 1955 e 1956
Taça do Atlântico: 1956


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.