Meazza, o 'melhor da copa' de 1934

Mais uma do #Arquivo Copa do Mundo: O PRIMEIRO ARTILHEIRO DA ITÁLIA

#ARQUIVO COPA DO MUNDO
Por Rafael Buiar

O início da década de 30 foi um período negro para a Itália. O país começou a gerar antipatia nos países vizinhos devido ao Mussolini e também ao regime aplicado naquela época, o fascismoCom tudo isso, o governo italiano lutou muito para ter a segunda edição da Copa do Mundo em seu país, e conseguiu, a de 1934. O mundial teve seu lado ruim antes mesmo de começar, pois a atual campeã, a seleção do Uruguai, desistiu, em forma de protesto aos países europeus. O outro ponto negativo foi a participação de jogadores de outros países em uma seleção. Mas esta edição também teve seu lado positivo, como bons times e jogadores. Giuseppe Meazza foi um, atuou pela seleção italiana.

O PRIMEIRO ARTILHEIRO DA ITÁLIA
Considerado um mito do futebol italiano, por causa de seus gols Meazza ainda é o terceiro maior artilheiro do campeonato Italiano (Série A), com seus 216 gols em 443 partidas. Suas características eram à de um jogador versátil, valente, de muito espírito coletivo e fintas desconcertantes, junto a chutes potentes de ambas as pernas. O início de  sua carreira foi no time da Internazioale em 1927, e jogou até 1940. Com a camisa azul e preta, fez 245 gols em 348 partidas, conquistando três títulos italianos. Sendo assim, um herói para a torcida da Inter. O primeiro jogador a ter patrocínio pessoal. Sua posição inicial era centroavante, mas com orientação tática, foi recuado para a meia pelo seu treinador Vittorio Pozzo em 1933, justamente para aproveitar sua visão de jogo. Deste modo, Meazza se torno dono do time, tudo começava e, às vezes, terminava pelos seus pés.

MEAZZA NA COPA DO MUNDO DE 34
Na Copa, o artilheiro Meazza fez apenas dois gols, o primeiro logo na estreia, diante a seleção do Estados Unidos. O segundo foi o mais importante para a seleção da Itália, em um jogo complicado contra a seleção da Espanha. O jogo era de desempate. Acabou 1 x 0 para a Azurra (Itália),  que conquistou a classificação para a próxima fase.Nesta edição, com poucos gols, o artilheiro italiano conseguiu ser eleito o melhor jogador da competição. Anos mais tarde, conquistou o bicampeonato na França deixando sua marca na história e se imortalizando.No entanto, seu adeus foi com a camisa da Inter em 1946. Mesmo passando a jogar pelo rival Milan, na Juventus, Varese e Atalanta, foi respeitado pelos demais torcedores. Em sua homenagem, o Estádio da Internazionale foi rebatizado de Giuseppe Meazza, o maior ídolo do calcio (Campeonato Italiano).

TÍTULOS
Internazionale
- Campeonato Italiano;1929-30/1937-38 e Copa da Itália; 1938-39
Seleção Italiana 
- Copa do Mundo FIFA: 1934-1938  


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.