Clássico do café : Londrina e Grêmio Maringá tiveram seu auge na década de 70 e 80

O confronto teve auge nas décadas de 70 e 80, pois os dois clubes travavam jogos equilibrados, com estádios cheios. Juntos, têm seis títulos paranaenses e diversos do interior.

#CLÁSSICOS DO PARANÁ
Por Rafael Buiar,

O duelo do interior entre Tubarão e Galo, considerados os maiores rivais do estado após Coritiba e Atlético-PR, é denominado clássico do café. O nome originou de uma referência ao principal produto econômico da região durante a década de 60, período que surgiu o clássico entre as equipes de Londrina e Maringá, distantes 90 km uma da outra. Deste modo, o confronto ganhou importância no norte do Paraná. O confronto teve auge nas décadas de 70 e 80, pois os dois clubes travavam jogos equilibrados, com estádios cheios. Juntos, têm seis títulos paranaenses e diversos do interior. O Londrina Esporte Clube foi campeão da 2ª divisão do Campeonato Brasileiro em 1980 e o Grêmio Esporte Maringá foi campeão do Torneio dos Campeões da CBD (Confederação Brasileira de Desportos) em 1969, torneio equivalente à 2ª divisão do Brasileirão.

Justamente nesta década, os dois clubes tiveram um jogador com o mesmo nome, Nivaldo. O do Londrina subiu para o profissional, sendo artilheiro do juniores, o "Tubarãozinho". Assim, o jogador da base fez parte do LEC, que ficou em quarto lugar no Brasileirão de 1977. Foi Campeão da Taça de Prata de 1980, equivalente ao Campeonato Brasileiro da Série B. Já no Galo Guerreiro (Grêmio Maringá), o outro Nilvado foi campeão paranaense em 1977 pelo time de Maringá, o último estadual conquistado pelo clube no norte do estado, e também campeão paranaense em 1982, pelo Atlético-PR.

Um dos jogos mais importante do clássico do Café, foi o segundo jogo da final do paranaense, que foi realizada em 29 de novembro de 1981, que levou aproximadamente 43 mil pessoas no Estádio do Café. Tubarão venceu por 2x1 e levantou a taça. Com o gol de Paulinho,  o placar foi aberto aos 15 minutos para o Londrina. Na segunda etapa, o empate  aconteceu com gol do camisa 8, Silvinho. E, por fim, aos 30 minutos da etapa complementar, Carlos Alberto mudou o placar, fazendo o gol do título do Tubarão.

Ouça os gols abaixo:


Com a narração de J. Mateus na Rádio Alvorada de Londrina

Nos dias de hoje, o Clássico do Café está um pouco desmotivado (desvalorizado), pois não tem o mesmo brilho de épocas passadas. Atualmente, o time alviceleste disputa a primeira Divisão do Paranaense e começa a ressurgir no cenário, enquanto o Grêmio Maringá virou time empresa e está na terceira divisão do futebol do estado.

CONFRONTO GERAL (computados até 2004)
Números de jogos...................138
Vitória do LEC..........................56
Vitória do Grêmio Maringá.........38
Empate..................................44
Gols LEC...............................204
Gols do Grêmio Maringá..........151


__________________________________________
É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.