Apostar na base


Com um dos menores orçamentos no Paranaense de 2017, a equipe do Foz do Iguaçu irá apostar novamente na base e em alguns veteranos já conhecidos no estadual para repetir a  façanha de 2016 – ficar entre os oitos primeiros na tábua de classificação.

#PARANAENSE 2017
Por Rafael Buiar

A equipe do Foz do Iguaçu passou por apuros na competição de 2016. Mas, mesmo assim, conseguiu uma vaga para a segunda-fase, ficando na oitava colocação na tábua de classificação com um ponto a mais que o Operário, o primeiro clube na zona do rebaixamento. Nas quartas de final, a equipe da fronteira caiu diante o Paraná Clube, mesmo vencendo o segundo embate na Vila Capanema.

Devido a isso, a equipe da fronteira iniciou os trabalhos ainda no final do ano de 2016 e um dos focos da equipe do Foz do Iguaçu nesta temporada é seguir com o trabalho na base, já que está com o orçamento menor em relação ao ano passado. Por isso, o comando da equipe da Fronteira será de Allan Aal, ex-treinador do Rio Branco e que já trabalhou na base do Coritiba. O treinador irá contar com oito reforços e com algumas peças conhecidas no cenário paranaense, como o goleiro Juninho (ex-Coritiba), Laercio, Roberto, Leandro Lima, Leandro Mendes, Wesley Nascimento e o meia Bruno Flores.

O time do Foz do Iguaçu teve um jogo-treino preparatório para o Campeonato Paranaense de 2017 e venceu o Nacional do Paraguai por 1 a 0, com gol de Bruno Flores. Equipe paraguaia irá disputar a Copa Sul-Americana de 2017.


Destaque: Bruno Flores - O meia atacante estará novamente vestindo a camisa do time da fronteira, depois de passagens por clubes gaúcho no segundo semestre de 2016. Dentre os atletas do Foz do Iguaçu, Bruno Flores é um dos que mais possuem experiência no futebol. Bruno Flores teve passagens por vários clubes do Rio Grande do Sul, como Juventude e Caxias. No Paraná, o meia atacante vestiu as camisas de Rio Branco e Nacional de Rolândia.

Treinador: Alan Aal vem para a sua segunda temporada no Campeonato Paranaense, pois ano passado estreou no Rio Branco de Paranaguá. Alan Aal tem bastante experiência nas categorias de Base, um dos principais motivos para a diretoria do Foz do Iguaçu contratar, já que boa parte dos atletas do time da fronteira são jovens .

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO